Android Geek
O maior site de Android em Português

Parlamento Europeu vota a favor de um carregador universal, a Apple faz birra

A resolução foi aprovada com 580 votos e 40 votos contra a mudança. Esta votação significa que Comissão Europeia terá que adotar novas regras até julho, para que os compradores não tenham necessariamente que comprar um novo carregador a cada novo smartphone.

O Parlamento Europeu votou esmagadoramente a favor de um carregador comum entre os fabricantes. A resolução foi aprovada com 580 votos e 40 votos contra a mudança.

Esta votação significa que Comissão Europeia terá que adotar novas regras até julho, para que os compradores não tenham necessariamente que comprar um novo carregador a cada novo smartphone.

Há dez anos, a UE tinha os fabricantes de telefones alinhados nesta ideia, onde se incluíam a Apple, disponíveis para avançar voluntariamente em direção a um padrão comum. Os deputados acreditam que a abordagem voluntária não deu certo. Por esse motivo,  querem que a nova legislação seja aprovada o mais rápido possível.

A resolução destaca os carregadores sem fio como uma maneira de reduzir o desperdício eletrónico. No entanto, as regras da nova legislação garantem que os carregadores possam ser utilizados com várias marcas de telefone. Se estão por dentroddo assunto, sabem que a Apple argumentou contra um carregador universal. A empresa de Cupertino afirma que isso acabará com a inovação. Além disso, criará lixo eletrónico, uma vez que os Carregadores e Cabos Lightning existentes precisarão ser substituídos pelo USB-C, o padrão comum preferido.

Conseguimos perceber por que a Apple é contra essa decisão, uma vez que todos os seus iPhones estão equipados com portas Lightning. Ainda que, a maioria das marcas de smartphones já tenha mudado para USB-C. Na verdade, a única empresa realmente afetada pela mudança é a fabricante do iPhone.

Parlamento Europeu vota a favor de um carregador universal, a Apple faz birra 1

Estudos indicam que o maior culpado pelo lixo eletrónico é o carregador dos equipamentos

De acordo com um estudo sustentável da SMART, a maior parte do lixo eletrónico é gerada pelo carregador, não pelo cabo. A empresa sugere que as empresas desincentivem a inclusão de um carregador na embalagem de venda dos smartphones (os clientes odeiam essa ideia).

Embora o Google já exija suporte básico à USB Power Delivery de telefones com uma porta USB-C, existem várias empresas com tecnologia de carregamento proprietária. Afinal, estamos no meio de uma tendência que envolve diferentes padrões técnicos de carregamento rápido com entrega de energia de 40, 60 e até 80W. Os carregadores sem fio estão numa situação semelhante.

Podem ler a birra da Apple, opiniões de ONGs e até de cidadãos da UE aqui.

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais