Android Geek
O maior site de Android em Português

Palm regressa em "grande" com um pequeno Android de 3 polegadas

A empresa que, para muitos, lançou as bases do que hoje conhecemos como smartphones, voltou. A Palm decidiu deixar o silêncio em que esteve imersa durante vários anos, para nos apresentar hoje um novo smartphone Android, o primeiro de uma nova era, que como esperado é o mais estranho que vimos em 2018.

A empresa que, para muitos, lançou as bases do que hoje conhecemos como smartphones, voltou. A Palm decidiu deixar o silêncio em que esteve imersa durante vários anos, para nos apresentar hoje um novo smartphone Android, o primeiro de uma nova era, que como esperado é o mais estranho que vimos em 2018.

Palm regressa em "grande" com um pequeno Android de 3 polegadas 1

Uma fabricante tão veterana quanto a Palm sabe que, neste momento, é praticamente impossível começar do zero e lutar cara a cara com a grande indústria de smartphones. Portanto, a empresa está comprometida com a filosofia "Se não podem vencê-los, juntem-se a eles", a lançou o Palm - sim, o smartphone também é chamado Palm -, um dispositivo que mais do que um telefone independente, chega alegadamente como  o companheiro perfeito para o nosso smartphone pessoal.

Este é o Palm: Android com ecrã de 3,3 polegadas e 800 mAh num smartphone de 350 dólares

Palm regressa em "grande" com um pequeno Android de 3 polegadas 2

A primeira coisa que chama a atenção no dispositivo é, logicamente, a sua aparência física. Não estamos diante de um smartphone convencional, longe disso. O ecrã tem apenas 3,3 polegadas LCD com uma surpreendente densidade de pixels de 445 ppi, permite que o Palm tenha um tamanho de apenas 96,6 milímetros de altura e 50 milímetros de largura. Além disso, o seu peso, de apenas 62 gramas, ajuda quando se trata de o pôr no bolso - em qualquer caso, a dificuldade será saber se realmente o queremos ter no bolso.

Quanto ao próprio design, o Palm possui curvas que cercam todo o seu corpo de alumínio e vidro. Na traseira dele encontramos uma única Câmara de 12 megapixels, acompanhada de um flash LED que, de acordo com os primeiros testes, é capaz de capturar imagens decentes, mas sem se destacar. Na frente há um único sensor de 8 megapixels, e não encontraremos detalhes como um leitor de impressões digitais ou uma entrada de áudio de 3,5 mm. Felizmente, o terminal em si é resistente à água graças a um nível de certificação IP68.

Palm regressa em "grande" com um pequeno Android de 3 polegadas 3

A empresa responsável pela execução do projeto, liderada por dois ex-vice-presidentes de design da Samsung e financiada pelo próprio Stephen Curry, refere que a ideia é criar um dispositivo que ajude os utilizadores a se desconectarem do smartphone principal.

O Palm, corre o Android 8.1 Oreo e tem uma camada de personalização criada para melhorar a usabilidade num painel tão pequeno, integra ferramentas no software projetado para distrair o utilizador o mínimo possível. O "Modo de vida", por exemplo, reduzirá o número de funções do terminal e ativará os diferentes modos "Não perturbe" ou "Economia de energia", que incluem a ativação da conexão de dados móveis ou Wi-Fi somente quando o ecrã estiver ativado.

Apesar disso, o interior do terminal é como qualquer outro smartphone Android de baixo custo que podemos encontrar no mercado. O Snapdragon 435 é o processador que lhe dá vida, acompanhado por 3 GB de RAM, 32 GB de armazenamento e 800 mAh de bateria que promete durar o dia todo antes de passar pelo carregador -USB Tipo C, outro ponto a favor deste minúsculo telefone-. Também encontramos o desbloqueio facial, o assistente interno do Google,  LTE,  GPS, Bluetooth 4.1, Wi-Fi 802.11 b / g / n e o nanoSIM integrado não removível.

Palm regressa em "grande" com um pequeno Android de 3 polegadas 4

Para aqueles que já estavam a pensar em adquirir este adorável smartphone Android com o selo Palm, nãovvai ser assim tão fácil. A empresa lançou o dispositivo através de uma colaboração com a operadora norte-americana Verizon - daí o nanoSD não removível - que começará a vendê-lo a partir de novembro, por um preço de 349 dólares, cerca de 300 euros.

Mais informações | Palm

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais