Android Geek
O maior site de Android em Português

O Twitter tem alegadamente um algoritmo racista

Liz Kelley da rede social disse que a empresa tinha “mais análises” para fazer após o engenheiro criptográfico Tony Arcieri ter conduzido uma experiência que conclui que o algoritmo do Twitter era tendencioso ao priorizar fotos. Ao anexar fotos de Barack Obama e Mitch McConnell em tweets, o Twitter parecia destacar exclusivamente o rosto de McConnell – Obama só apareceu quando Arcieri inverteu as cores, isto quer dizer que a cor da pele era o problema.

O Twitter está a aprender em primeira mão os desafios de eliminar o preconceito racial em algoritmos. Liz Kelley da rede social disse que a empresa tinha "mais análises" para fazer após o engenheiro criptográfico Tony Arcieri ter conduzido uma experiência que conclui que o algoritmo do Twitter era tendencioso ao priorizar fotos.

O Twitter tem alegadamente um algoritmo racista 1

Ao anexar fotos de Barack Obama e Mitch McConnell em tweets, o Twitter parecia destacar exclusivamente o rosto de McConnell - Obama só apareceu quando Arcieri inverteu as cores, isto quer dizer que a cor da pele era o problema.

O Twitter tem alegadamente um algoritmo racista 2

Outros tentaram reverter a ordem das fotos e nomes sem sucesso. Um sorriso de alto contraste funciona bem, como Kim Sherrell da Intertheory descobriu. O cientista Matt Blaze, entretanto, notou que a prioridade parecia variar dependendo da aplicação oficial do Twitter usada. O Tweetdeck era mais neutro, por exemplo.

 

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!