Android Geek
O maior site de Android em Português

O Facebook Messenger pode voltar para as saias da aplicação principal do Facebook

A informação vem de Jane Manchun Wong, investigadora especializada em descobrir funções ainda não lançadas na aplicação, que num tweet mostra a interface da aplicação em que existe uma aba que permite trocar mensagens com outros utilizadores. A interface actual da aplicação, bem como a da versão móvel do site, mostra um botão dedicado ao Messenger, que abre a aplicação ou o link na Play Store ou na App Store, caso não esteja instalada.

A informação vem de Jane Manchun Wong, investigadora especializada em descobrir funções ainda não lançadas na aplicação, que num tweet mostra a interface da aplicação em que existe uma aba que permite trocar mensagens com outros utilizadores. A interface actual da aplicação, bem como a da versão móvel do site, mostra um botão dedicado ao Messenger, que abre a aplicação ou o link na Play Store ou na App Store, caso não esteja instalada.

O Facebook fez um bom trabalho a empurrar os seus utilizadores para instalar o Messenger nos seus dispositivos móveis de forma a poderem continuar a conversar com os seus contactos.

O Facebook Messenger pode voltar para as saias da aplicação principal do Facebook 1

O Facebook parece  no entanto  pronto para dar um grande passo atrás, basicamente de volta às origens.

A informação vem de Jane Manchun Wong, investigadora especializada em descobrir funções ainda não lançadas na aplicação, que num tweet mostra a interface da aplicação em que existe uma aba que permite trocar mensagens com outros utilizadores.

A interface actual da aplicação, bem como a da versão móvel do site, mostra um botão dedicado ao Messenger, que abre a aplicação ou o link na Play Store ou na App Store, caso não esteja instalada.

De momento parece que este é apenas um teste, limitado a um pequeno número de pessoas, mas é provável que, tendo em conta a integração das plataformas WhatsApp, Instagram e Messenger, Zuckerberg queira regressar à origem, que em última instância traz um maior número de utilizadores de volta à aplicação principal.

A decisão de voltar a integrar as conversas na aplicação principal impediria que os utilizadores desperdiçrm espaço e recursos numa aplicação adicional, uma escolha que seria muito apreciada nos países em desenvolvimento, onde os smartphones com pouca memória interna são os mais populares.

É provável que tenhamos que esperar mais alguns meses até que os testes cheguem em larga escala a mais utilizadores.

 

Gostaram? Podia ter sido melhor?
Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Gostaram? Podia ter sido melhor?
Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
close-link