Android Geek
O maior site de Android em Português

Novo smartphone Meitu desenvolvido pela Xiaomi para lançamento no próximo ano

Tecnicamente, o Xiaomi CC9 Meitu Edition não é um smartphone Meitu, pois não possui a linguagem de design Meitu e é apenas o CC9 normal com alguns recursos especiais de câmara para criadores de conteúdo.

Quando a Xiaomi e Meitu assinaram um acordo de parceria no final do ano passado, o acordo dizia que a Xiaomi fabricaria e venderia aparelhos sob a marca Meitu. Já faz quase um ano desde que a parceria foiml mencionada e o único dispositivo da marca Meizu lançado é o Xiaomi CC9 Meitu Edition.

Tecnicamente, o Xiaomi CC9 Meitu Edition não é um smartphone Meitu, pois não possui a linguagem de design Meitu e é apenas o CC9 normal com alguns recursos especiais de câmara para criadores de conteúdo. Para os fãs da Meitu, o CEO da empresa revelou numa conferência de imprensa hoje que um verdadeiro smartphone da Meitu será anunciado no ano que vem. Sim, em parceria com a Xiaomi. 

Meitu Xiaomi Little Fairy telefone Mi Xinhong partilhou alguns detalhes sobre o próximo telefone. Primeiro, será desenvolvido e vendido pela Xiaomi, exatamente como o acordo de parceria declara. Será também o primeiro de uma nova linha de produtos.

O CEO da Xiaomi, Lei Jun, também confirmou essa informação antes do anúncio de hoje. Não há detalhes sobre os recursos do telefone, mas podemos com certeza esperar algo interessante. Todos gostaríamos de ver o telefone flip-camera (foto acima), ser o primeiro telefone desenvolvido pela Meitu e Xiaomi. Mesmo que a Meitu não tenha lançado nenhum smartphone este ano, os seus outros negócios cresceram no ano passado. A sua receita de publicidade online aumentou 27,2% ano a ano para 362,3 milhões de ienes. A Meitu também afirma ter incorporado um novo modelo de negócio que inclui um serviço de assinatura premium. O novo negócio teria crescido mais de seis vezes desde que foi introduzido. Os utilizadores das plataformas de redes sociais da Meitu também aumentaram para 308,1 milhões de utilizadores, um aumento de 0,6% em relação a dezembro de 2018. O tempo médio de uso diário também aumentou de 5 a 6 minutos para mais de 12 minutos.

(Fonte)

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais