Android Geek
O maior site de Android em Português

A Nokia perdeu dinheiro no primeiro trimestre; receita 5G pode ser a solução

De acordo com a Reuters essa perda é uma reacção específica aos investimentos recentes da empresa em 5G, que ainda não estão a gerar receita. A empresa enfrenta uma séria concorrência na tecnologia 5G com rivais como a Ericsson, da Suécia, a Huawei, da China.

Aparentemente, a Nokia está a ter um início inesperado em 2019, já que os resultados do primeiro trimestre deste ano mostram uma perda significativa em comparação com o mesmo período de 2018. A empresa partilhou o seu prejuízo de € 254 milhões no primeiro trimestre de 2019 comparado aos € 46 milhões de lucro que foi alcançado no mesmo período do ano passado.

A Nokia perdeu dinheiro no primeiro trimestre; receita 5G pode ser a solução 1

De acordo com a Reuters essa perda é uma reacção específica aos investimentos recentes da empresa em 5G, que ainda não estão a gerar receita. A empresa enfrenta uma séria concorrência na tecnologia 5G com rivais como a Ericsson, da Suécia, a Huawei, da China. No entanto, como a empresa chinesa está sob intenso escrutínio com as preocupações de segurança, é o momento perfeito para a Nokia conquistar uma boa fatia do mercado de rede 5G.

Ao mesmo tempo, a empresa finlandesa está agora sob certa pressão para apresentar alguns resultados no segmento 5G durante o segundo semestre deste ano. com a chegada do 5G, muitas operadoras estarão à procura de os melhores fornecedores de equipamentos 5G, e com a Huawei um pouco limitada, a Nokia precisa aproveitar o momento.

Ainda assim, a Nokia precisa investir uma boa quantia de dinheiro e esperar pelos benefícios a longo prazo, afinal, o 5G É um mar inexplorado. A oportunidade que é dada pelos contratempos da Huawei no mercado de 5G, coloca alguma pressão sobre os ombros da Nokia, mas pode beneficiá-lo com o tempo.

A Nokia determinou que a falha em garantir um negócio de € 200 milhões em vendas líquidas relacionadas ao fornecimento de 5G na América do Norte é uma das razões pela perda no primeiro trimestre de 2019.

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais