Android Geek
O maior site de Android em Português

Motorola com patente de ecrã OLED flexível que se repara sozinho

A industria móvel procura a próxima "next big thing", ou a nova tendência móvel, depois do sensor biométrico embutido no ecrã que estará em breve para chegar a quase todos os comuns utilizadores, eis que o tão badalado ecrã flexível estará para chegar a outra marca. A Motorola acaba de preencher uma patente de um smartphone com ecrã flexível mas não se fica por aqui, pois a novidade prende-se na zona onde o ecrã dobra para ambos os lados, existe uma zona aquecida que endireita o ecrã OLED que poderá deformar com as dobras do mesmo, uma espécie de auto reparação do ecrã.

Isto significa que a Motorola poderá usar um painel OLED flexível num smartphone, que dobra para fora e para dentro. Podemos ver o esquema na imagem abaixo.

Motorola com patente de ecrã OLED flexível que se repara sozinho 1
Imagem LetsGoDigital

 

A Motorola preencheu a patente em 2016. A tecnologia é bastante inteligente, existe um sensor de temperatura que funciona mesmo até quando o smartphone está desligado, e quando está dobrado. Se a temperatura atingir um número muito baixo, o ecrã começa a deformar, é então que é activado o aquecedor que volta a colocar o painel OLED direito, sem qualquer deformação.

A patente da Motorola não é acompanha por um protótipo, e deverá ser pouco provável que venhamos a ver um nos próximos tempos. A Samsung tudo indica será a primeira fabricante a trazer um equipamento com um ecrã flexível para o mercado primeiro, mas apenas deverá acontecer no próximo ano.

Durante o Consumer Electronics Show (CES) 2018, a Samsung apresentou seu primeiro smartphone dobrável aos investidores numa reunião privada. É especulado que chegará ao mercado no final de 2018 ou no início do próximo ano. Em uma publicação sul-coreana também tinham afirmado que a Sony também estará a fabricar smartphones dobráveis. No entanto, não há confirmação sobre quando ele será lançado. A juntar-se agora a Motorola, já temos alguns fabricantes dispostos a apostar nesta tecnologia, será a esta a tendência dos próximos anos?

 

Através de Gsmarena

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais