Anteriormente, o fundador da Meizu Technology, Huang Zhang, insinuou que os equipamentos seriam o primeiro telefone da Meizu com um sensor de impressões digitais na ecrã. O Meizu 16 e o ​​Meizu 16 Plus vêm com um ecrã AMOLED que é fornecida pela Samsung. Espera-se que os telefones ofereçam uma alta taxa de ecrã vs corpo, já que ambos os dispositivos têm ecrãs de proporção de 18:9.

Agora sobre o seu hardware, foi indicado no cartaz que o dispositivo seria equipado com um Snapdragon 845 SoC e aliado a 8 GB de RAM. Vale a pena mencionar que o Meizu 16 também terá uma variante com o chipset Snapdragon 710, disponibilizando o dispositivo em duas variantes. O cartaz também revela que a série Meizu 16 usa uma Super Câmara IA com sensor Sony IMX380 e colunas estéreo com graves.

Meizu 16 obteve uma pontuação invejável em benchmark de 291.866, maior do que a pontuação de smartphones flagships de outros fabricantes chineses. Para comparação o smartphone de jogos Black Shark da Xiaomi marcou 289.959; o Vivo NEXobteve 284.227; a pontuação do OnePlus 6 é de 282.275; e a pontuação do Xiaomi Mi 8 é de 2 73,221.

Recentemente, o CEO da MeizuJack Wong, disse que a versão mais poderosa dos futuros smartphones flagship da marca, não custarão mais do que 4000 Yuan, o que significa aproximadamente US $ 514 – €439, enquanto o Meizu X8 é dito custar entre 1.500-2.000 Yuan (US $ 226-300 – €193-256).

 

(Fonte)