LG Innotek vende patentes de LED e equipamentos a empresa chinesa

‎De acordo com esta informação, a empresa sul-coreana vai despachar todos os equipamentos relacionados à fabricação de LEDs na sua fábrica Paju, dentro de um mês. A empresa irá entregar mais de 10.000 patentes relacionadas à fabricação de LEDs, à empresa chinesa.‎

‎A LG Innotek, empresa que fabrica peças de smartphones como mini motores de vibração, módulos LCD, LED, módulos de ‎‎câmara, ‎‎módulos de circuito de proteção e mais, está a vender as patentes e equipamentos relacionados ao seu negócio de LEDs para uma empresa de LEDs com sede na China, segunda uma informação vinda do ‎Elec.‎

‎De acordo com esta informação, a empresa sul-coreana vai despachar todos os equipamentos relacionados à fabricação de LEDs na sua fábrica Paju, dentro de um mês. A empresa irá entregar mais de 10.000 patentes relacionadas à fabricação de LEDs, à empresa chinesa.‎

LG Innotek vende patentes de LED e equipamentos a empresa chinesa 1

‎Ao vender as ‎‎patentes,‎‎ a empresa não só irá receber algum dinheiro, mas também vai poupar cerca de mil milhões de won na manutenção dessas patentes. Diz-se que a LG iniciou as negociações para vender as suas patentes e equipamentos LED, por o valor de 100 mil milhões de won.‎

‎Por outro lado, a empresa chinesa irá obter lucros no negócio ‎‎de LEDs,‎‎ dado que poderá contar com subsídios dados pelo governo chinês. E para além disso, também vai poder oferecer mais produtos para o mercado.‎

Relacionado:  Google Fotos vai transformar fotos repetidas em vídeos

LG Innotek vende patentes de LED e equipamentos a empresa chinesa 2

‎A LG investiu muito dinheiro no negócio de LEDs, especialmente na área dos LEDs Ultravioletas (UV), o que provavelmente é o motivo para este negócio ter sido feito. No entanto vários especialistas da indústria, acreditam que a LG poderia ter licenciado as patentes ‎‎de LED UV‎‎, em vez de vendê-las.‎

‎Para quem não sabe, a LG Innotek, com sede na Coreia do Sul, decidiu sair do negócio de LEDs em outubro de 2019 e tentou vender as suas instalações de LEDs na China e na Coreia do Sul no segundo trimestre de 2020. Mas infelizmente estas negociações comerciais foram adiadas principalmente por causa da pandemia COVID-19.‎

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!