Já podem alugar um smartphone ou tablet em Espanha. Grover é o nome do serviço

A evolução passou pela compra de filmes e CDs de música para passarmos a aluga-los através de assinaturas em plataformas que atualmente são empresas de primeira linha.

A economia digital está a moldar o comportamento dos utilizadores de tecnologia. A evolução passou pela compra de filmes e CDs de música para passarmos a aluga-los através de assinaturas em plataformas que atualmente são empresas de primeira linha. Algo assim é o que propõe Grover, uma startup que quer que as pessoas se habituem não a comprar um smartphone, mas sim a alugá-lo no formato renting, de forma semelhante ao que se faz atualmente com os carros. Este projeto engloba smartphones, mas também tablets, computadores ...

Já podem alugar um smartphone ou tablet em Espanha. Grover é o nome do serviço 1

 

Esta ideia não se limita apenas a smartphones, mas também a outros dispositivos, como computadores, consolas de videojogos, wearables, etc. A proposta da empresa é que possamos ficar com o dispositivo de que precisarmos pelo tempo que precisarmos e devolvê-lo quando já não o quisermos ou quando quisermos trocar o modelo por outro.

Como alugar um dispositivo na Grover

Já podem alugar um smartphone ou tablet em Espanha. Grover é o nome do serviço 2

Em Espanha a Grover tem já cerca de 500 tipos diferentes de dispositivos, onde se inclui computadores, telefones, tablets, wearables, dispositivos de áudio, para casas inteligentes, etc. É importante salientar que todos os produtos do catálogo são protegidos por uma política chamada Grover Care em que a empresa cobre 90% dos custos de reparação em caso de danos acidentais. Esta é a chave ao encerrar o contrato de aluguer , pdemos escolher Taxas de 1, 3, 6 e 12 meses que podem ser modificadas. Podemos gerir tudo desde o site da Grover ou da sua aplicação para Android.

Relacionado:  Huawei HarmonyOS chegou a 30 milhões de utilizadores em pouco mais de um mês

Os preços dos smartphones variam dependendo do modelo, mas são cerca de 30 euros por mês. Claro, quando o prazo terminar, podemos prolongá-lo, ou até mesmo compra-lo.

 

Resta saber se a Grover terá planos para expandir o seu negócio para este lado da fronteira ou se não haverá alguma empresa Portuguesa que queira "pegar" na ideia.

O que acham?

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!