Hugo Barra anuncia a sua saída da Xiaomi

dav

O vice-presidente internacional da Xiaomi, Hugo Barra, anunciou a sua saída da empresa. Quando Barra deixou a Google há pouco menos de quatro anos para se juntar ao fabricante chinês de smartphones, a sua mudança gerou um grande ruído (positivo) para a Xiaomi, que até então era conhecida como a Apple da China.

Passaram três anos e meio e ele acredita que chega e está na hora de mudar. O anúncio que foi feito na sua página no Facebook também explica o motivo de sua saída.

A chegada do brasileiro à empresa fez com que a empresa se expandi-se para uma marca global, chegando a mais de 20 países, incluindo a Índia, onde a empresa anunciou ter faturado mais de 1 mil milhões de dólares em 2016. Outra grande conquista da empresa no ano passado foi a sua parceria com a Google sobre a Android TV, que alimenta a Mi Box 3.

O co-fundador da Xiaomi, Bin Lin, que também trabalhou para o Google anunciou que o vice-presidente sénior, Xiang Wang vai agora ocupar o espaço deixado por Hugo Barra. Ainda assim, a Xiaomi necessita de encontrar um novo porta-voz de língua inglesa que seja familiar para a comunidade internacional de tecnologia em geral.

Relacionado:  One UI Watch da Samsung apresentado no Mobile World Congress

Hugo Barra diz que vai fazer uma pausa antes de iniciar uma nova aventura em Silicon Valley.

Pessoalmente penso que esta é uma grande perca para a Xiaomi, que assim vê partir um das pessoas mais influentes do mundo tecnológico. A fabricante ganhou muito com a chegada do Brasileiro às suas fileiras, tendo sido ele o responsável pela internacionalização da empresa, que até à sua chegada se limitada a construir e vender no mercado interno.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!