Android Geek
O maior site de Android em Português

Huawei vendeu 10 milhões de smartphones Mate 20 , e já tem um Sistema operativo próprio como plano B

Desde então, a companhia tem enfrentado um intenso antagonismo do governo e dos legisladores dos EUA que chegaram mesmo a retirar os smartphones da Huawei do mercado Norte Americano. Apesar disso, a empresa apresentou um impressionante número de vendas de smartphones, conquistando o segundo lugar à Apple.

Já faz um ano desde que a Huawei ficou pendurada pelos seus supostos parceiros na CES 2018. Desde então, a companhia tem enfrentado um intenso antagonismo do governo e dos legisladores dos EUA que chegaram mesmo a retirar os smartphones da Huawei do mercado Norte Americano. Apesar disso, a empresa apresentou um impressionante número de vendas de smartphones, conquistando o segundo lugar à Apple. Agora, sabemos quantos destes 200 milhões de smartphones são Huawei Mate

Huawei vendeu 10 milhões de smartphones Mate 20 , e já tem um Sistema operativo próprio como plano B 1

 

Mate 20 é uma série de grande sucesso

10 milhões de telefones. É esse o número de Huawei Mate 20 a empresa conseguiu vender, de acordo com a sua conta no Twitter. É uma pequena parcela em comparação com os 200 milhões de telefones que a IDC confirma que a Huawei vendeu em 2018. Mas considerando que o Mate20 foi lançado apenas em outubro, isto é uma conquista notável.

A Huawei lançou quatro modelos Mate 20 e o tweet não diz quantos vendeu de cada um. Mas a lógica aponta para que o equipamento de nível de entrada Mate 20 Lite foi o que mais vendeu. No entanto, a Huawei pode ter provado que o mercado de smartphones dos EUA não é tão crítico quanto alguns consideram ser. É enorme, com certeza, mas podem compensar ganhando quota em mais mercados.

 

Adeus EUA? Não é bem assim

Isso não quer dizer que a Huawei esteja a desprezar completamente os EUA. A empresa chinesa ainda faz negócios com empresas americanas e depende de um grande número delas. numa entrevista com Die Welt, o CEO do Consumer Business Group da Huawei, Richard Yu, qualifica a Qualcomm, a Microsoft e o Google como alguns dos seus maiores parceiros. O último é, afinal de contas, o programador do Android e o corte de laços com a Google poderia ser catastrófico para o crescimento do negócio de smartphones da Huawei.

Sistema operativo próprio como plano B

A Huawei, usa apenas os Chipsets da Qualcomm para os seus telefones de média gama e usa os seus próprios processadores Kirin para telefones mais avançados. Quanto à dependência do Android, Yu faz uma confirmação oficial de que possuem o seu próprio sistema operativo atualmente em desenvolvimento. Essa especulação vem a acontecer desde o início do ano passado, embora os detalhes exatos desse sistema operativo alternativo permaneçam envoltos em mistério. O Android é um software de código aberto e pode ser preciso mais do que uma proibição do governo para impedir que a Huawei use Android para os seus próprios propósitos.

 

Fonte

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
close-link