Android Geek
O maior site de Android em Português

Huawei vai chegar a número um do mundo em breve

Fundada em 1987 e originalmente focada no fabrico de componentes de telecomunicações , a Huawei expandiu-se gradualmente em várias outras áreas de negócio rentáveis, incluindo equipamentos de rede e telecomunicações, assim como smartphones Android.

A empresa só começou a fabricar smartphones em 2004, quando a Nokia já era o líder dominante deste mercado em expansão, seguido pela Motorola e Samsung, campeão da indústria de hoje. Mas o campeão de 2018 pode ter algo mais com que se preocupar e não apenas com os lucros, como números de vendas da Huawei a crescer num ritmo louco .
A gigante chinesa está cada vez maior nos principais mercados europeus nos últimos anos, mesmo que em 2017, o volume da Huawei tenha sido apenas 10% maior que o total de 2016.
As coisas estão de volta ao percurso normal e a Huawei subiu mesmo ao segundo posto , ultrapassando a Apple no relatório global de vendas de smartphones do segundo trimestre. No geral, a empresa vendeu 95 milhões de smartphones durante os primeiros seis meses deste ano, esperando atingir um total de mais de 200 milhões de unidades em todo o ano de 2018.

Isso representa uma subida anual de 31%, desafiando o estado geral de regressão do setor, bem como as crescentes dificuldades da Samsung e da Apple em manter tendências saudáveis ​​de crescimento.

De acordo com o CEO da Huawei, Richard Yu, “não há dúvida de que nos tornamos o número 2 no próximo ano.” Acreditem ou não, a empresa também acha que o número um está ao alcance, embora muita coisa ainda possa acontecer entre agora, e o final de 2019. Além disso, a Huawei não diz que será definitivamente o fornecedor de smartphones número um do mundo no quarto trimestre do ano que vem.

É simplesmente "possível" que aconteça, o que é bastante fácil de prever com base nas tendências recentes e nas mudanças de poder na indústria.

 

Fonte: Reuters

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais