Android Geek
O maior site de Android em Português

A Huawei tem um produto ambicioso para entrar num dos poucos nichos que lhe falta

Um setor onde rivais como Samsung, LG e Sony dominam há anos. Mas isso parece poder mudar ainda este ano.

A Huawei é uma empresa de tecnologia com um amplo ecossistema. A gigante chinesa vende smartphones, tablets, fones de ouvido, modems e laptops, mas por enquanto não entrou no setor de televisão. Um setor onde rivais como Samsung, LG e Sony dominam há anos. Mas isso parece poder mudar ainda este ano. Conforme relatado pela Asia Nikkei, a empresa planeia apresentar a sua primeira televisão, que viria com recursos de topo para enfrentar diretamente os mais recentes modelos OLED e LCD.

A Huawei tem um produto ambicioso para entrar num dos poucos nichos que lhe falta 1

Não se sabe que tipo de tecnologia de ecrã a Huawei escolherá na primeira televisão, embora a marca já tenha mostrado que será um ecrã com 'AI 8K'. Isto é, resolução 8K e com um processamento que utilizará inteligência artificial para melhorar os resultados. Algo que outras marcas já fizeram há alguns anos com mais ou menos sucesso.

Huawei TV com 5G

Mas não é só, a primeira TV da Huawei também chegará com 5G de acordo com o Nikkei, o que seria a primeira televisão high-end a adicionar a sua própria conectividade.

Se com 8K existem dúvidas, não sabemos mesmo quais os benefícios do 5G na televisão

Não se sabe se a televisão irá incluir o modem Balong 5000 que vimos em Smartphones ou apostar num modelo específico, como o mh5000, projetado para carros conectados. De qualquer forma, se a Huawei finalmente decidir implementar a tecnologia 5G na TV, servirá para que seja possível fazer o Download de programas em alta resolução, mesmo que não haja conexão de fibra em casa.

Outros programas que poderiam beneficiar da chegada do 5G à TV seriam vídeos em 360º e realidade virtual. Embora, ao contrário dos smartphones, nas TVs, não seja muito claro como pode ser implementado.

Como explica a VentureBeat, esse tipo de TV poderia agir como um router 5G para outros dispositivos e assim tornar-se o grande centro de conectividade na sala.

Atualmente, a Huawei é o segundo fabricante de dispositivos móveis atrás apenas da Samsung, de acordo com dados do IDC. Mas este domínio ainda está longe de ser visível no setor de televisão, onde até hoje não tem presença. No final deste ano e antes dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, onde o 8K vai ser um dos pontos de destaque, a Huawei quer ter um modelo de televisão para enfrentar o resto das marcas chinesas, Coreanas e japonesas.

No ano passado, o número de TVs 8K vendidas foi menos de 20.000 unidades de acordo com a IHS. Mas para 2020 espera-se um aumento de mais de dez vezes e o mercado de TV 8K alcançará 2 milhões de unidades. Um setor que vai começar a ter tração suficiente e onde a Huawei quer se posicionar com um modelo premium.

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais