Android Geek
O maior site de Android em Português

Huawei prepara-se para desafiar a Samsung em smartphones, semicondutores e outros negócios

A concorrência entre a Huawei e a Samsung está a aquecer em equipamentos de telecomunicações 5G, smartphones e processadores móveis (APs), informou a Businesskorea. O projeto Manufacturing 2025 da China aumentará os Chipsets de memória auto-fabricados, como DRAM e NAND flash, e vai impactar a receita de vendas da Samsung Electronic, que sofrerá um declínio acentuado nos próximos seis anos.

Huawei, a maior fabricante de equipamentos de telecomunicações do mundo e a segunda maior empresa de smartphones está a avançar na luta pelo primeiro lugar contra a empresa sul-coreana Samsung.

A concorrência entre a Huawei e a Samsung está a aquecer em equipamentos de telecomunicações 5G, smartphones e processadores móveis (APs), informou a Businesskorea.

Huawei

O projeto Manufacturing 2025 da China aumentará os Chipsets de memória auto-fabricados, como DRAM e NAND flash, e vai impactar a receita de vendas da Samsung Electronic, que sofrerá um declínio acentuado nos próximos seis anos.

De acordo com a informação do terceiro trimestre da Samsung, a Huawei foi classificada entre os cinco principais distribuidores, com Apple, Best Buy, Deutsche Telekom e Verizon.

A Huawei compra principalmente semicondutores de memória da Samsung e foi incluída na lista de clientes no primeiro semestre do ano passado.

As vendas da Samsung na China no terceiro trimestre de 2019 registaram 28,31 triliões de won, uma queda acentuada de 42,38 triliões de won vs o ano passado, devido à desaceleração do negócio de Chipsets de memória.

A Huawei é líder no setor de equipamentos de rede e possui uma enorme participação de mercado no mercado global. Para equipamentos de rede 5G, a Huawei é superior à Samsung em tecnologia e competitividade de preços.

No setor de smartphones, a Samsung é a marca número um, mas a Huawei está no segundo lugar e está a aproximar-se rapidamente do concorrente. A informação disponível sobre os resultados trimestrais de ganhos de diferentes empresas mostram a taxa de crescimento da Huawei na China e no mundo.

Além disso, a Huawei também está a expandir a sua presença no mercado de semicondutores com o processador Kirin (AP), neste mercado a Samsung é a que mais domina, por enquanto. No segundo trimestre deste ano, a participação da Huawei no mercado de AP atingiu 12,9%, por outro lado, a Samsung representou um total de 13,1%.

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais