Como vários outros launchers personalizados, a integração do Google Feed no Rootless Launcher requer a instalação de uma aplicação complementar. Como abordamos anteriormente, o Rootless Launcher fará o download da aplicação complementar para o utilizador, caso o utilizador não a tenha instalada. Isto é o que causou a retirada da aplicação.

Google tirou o Rootless Pixel Launcher da Play Store 2

Amir Zaidi, o programador do Rootless Launcher, disse no seu canal Telegram que o Google removeu a aplicação por “causa de obrigar os utilizadores a fazer download ou instalar aplicações de fontes desconhecidas “:

“Ótimo, a minha versão da Play Store foi suspensa por este motivo: aplicações que fazem com que os utilizadores façam o download ou instalem aplicações de fontes desconhecidas fora do Google Play são proibidos.

Isso significa que não posso ter o pop-up de instalação do Bridge como está agora e preciso encontrar uma solução alternativa.

Além disso, parece que meu nome de pacote pode ser banido permanentemente, o que significa que as pessoas precisarão instalar o iniciador novamente e configurar o ecrã inicial novamente quando eu o publicar novamente. Isso aconteceu por causa de um erro meu e vou tentar corrigi-lo o mais rápido possível. Eu não tenho muito tempo porque a Uni começou de novo, mas vou tentar corrigir esta noite “.

Ele prosseguiu dizendo que entrou com um recurso no Google e, se for aprovado, uma atualização será enviada, removendo a mensagem de download. Se o recurso for negado, ele planeia criar uma nova versão , embora isso force os utilizadores a perderem as configurações existentes.

A versão atualizada sem o pop up de instalação está atualmente apenas disponível no APKMirror, em conjunto com Bridge para o Google Now.