Android Geek
O maior site de Android em Português

Google regista patente de novo recurso Fitness baseado em inteligência artificial para sua plataforma Wear OS

Uma nova patente do Google foi descoberta, que irá permitir através de inteligência artificial melhorar e monitorizar os resultados de rastreio Fitness nos Wearables, isto dá-nos uma noção do que a gigante de tecnologia está a preparar para o futuro lançamento do Wear OS.

Não há muita coisa a acontecer no mercado de wearables neste momento, mas isso não significa que as empresas não estejam a trabalhar em algo por trás dos bastidores. Uma nova patente do Google foi descoberta, e dá-nos uma noção do que a gigante de tecnologia está a preparar para o futuro lançamento do Wear OS.

Google regista patente de novo recurso Fitness baseado em inteligência artificial para sua plataforma Wear OS 1

A patente consiste no rastreio de condição física orientado por IA que ajuda o utilizador a ser mais ativo e a atingir as suas metas de condicionamento físico ao longo do dia. A IA faz isso recolhendo dados como localização atual, andamento e movimento e informações do calendário. Dessa forma, o software sugere que o utilizador saia de casa um pouco mais cedo e vá para o seu destino a pé ou de bicicleta.

Isto parece muito mais eficaz do que apenas solicitar através de notificações que o utilizador se mexa, como a maioria dos wearables faz. Mas, assim como todas as patentes, teremos que esperar para ver o recurso incluído num produto final. Ainda assim, estamos felizes em ver o Google a trabalhar para melhorar seu sistema operativo do Wear OS.

Wear OS na versão 2.0 traz novidades interessantes

O Android Wear OS 2.0 trouxe entre as principais novidades aplicações que funcionam independente de um smartphone. Um dos exemplos é o Spotify, que funciona directo do relógio ligado a fones de ouvido BlueTooth. Existe ainda uma nova ferramenta Smart Reply (resposta inteligente) que facilita o envio de mensagens de texto, possibilitando inclusive a escrita à mão.

A parte de personalização de faces também ficou melhor. Agora podem personalizar as faces do relógio, alterar a cor, adicionar informações relevantes, dados de aplicações e atalhos. O sistema foi todo remodelado visando a usabilidade.
Análise Huawei Watch 2 image
Além das novidades na interface, duas grandes novidades são o suporte para o Android Pay e Google Assistente nativo. Os utilizadores poderão pagar por compras em estabelecimentos apenas com seu relógio, com ligação internet e NFC, utilizando o sistema de pagamentos do Google. (Em Portugal ainda não está disponível).

a usar o microfone embutido é possível usar o Google Now para fazer pesquisas e responder a mensagens. Surpreendentemente o reconhecimento do português de Portugal é muito eficaz. a usar ainda o interface original, é possível desenhar emoticons simples em resposta a mensagens do Facebook Messenger ou Hangouts, por exemplo.

Mas o Wear OS é um sistema operativo digno desse nome e existe uma panóplia de aplicações que podem instalar de forma a facilitar e optimizar. Por exemplo, as formas de resposta a notificações, desde teclado a respostas pré-definidas, há de tudo um pouco, e a maioria delas gratuitas ;).

Fonte

 

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma 😉

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma ;)
close-link