Android Geek
O maior site de Android em Português

Google explica como funciona o malware Android chamado Joker

O malware Android de que vamos falar hoje tentou ludibriar todos os procedimentos de segurança cibernética especialmente desenhados para repelir esse tipo de ameaça. A grande Google já a identificou esta ameaça como a mais perigosa.

O Google decidiu investir muito do seu tempo nas melhorias de segurança necessárias para que os utilizadores de Android se sintam mais seguros. O malware Android de que vamos falar hoje tentou ludibriar todos os procedimentos de segurança cibernética especialmente desenhados para repelir esse tipo de ameaça. A grande Google já a identificou esta ameaça como a mais perigosa.

Google explica como funciona o malware Android chamado Joker 1

O nome dela é Joker e ataca diretamente aplicações Android na Play Store.

Sob o nome de Joker ou Bread, este malware tenta ultrapassar continuamente todos os procedimentos de segurança estabelecidos pelo Play Protect. Portanto, o Google decidiu vir publicamente explicar como essa ameaça para os utilizadores funciona.

Todos os detalhes sobre este malware.

Android: Como o malware Joker funciona? Quais as aplicações que ataca?

Google tem publicada uma nova declaração oficial que mostra todos os detalhes sobre o Joker. É um malware que afetou milhares de utilizadores e está a ser uma verdadeira dor de cabeça para a empresa. Além disso, em setembro, esse malware forçou a eliminação de mais de 20 aplicações que poderiam prejudicar a segurança dos utilizadores. Em geral, este malware está presente em aplicações maliciosas que baseiam a operação no registo de utilizadores para subscrições premium.

Google explica como funciona o malware Android chamado Joker 2

Tudo começa quando instalamos uma versão livre de malware. Está versão "limpa" não tem problemas em ultrapassar os obstáculos do Play Protect. Quando esta aplicação atinge milhares de utilizadores, é lançada uma segunda versão na qual o malware está incluído. A partir desse momento, os utilizadores começam a subscrever serviços premium das aplicações instaladas sem a sua autorização.

Google explica como funciona o malware Android chamado Joker 3

Quando os utilizadores se apercebem, já é tarde, e têm que entrar em contato com a sua operadora para cancelar a inscrição.

O Joker foi identificado pela primeira vez há alguns anos através do golpe Premium SMS. A melhoria dos mecanismos de segurança do Play Protect atrasou bastante a disseminação do malware que o Google já detectou em mais de 1.700 aplicações. Algumas aplicações que o Play Protect conseguiu eliminar antes de qualquer tipo de download ser realizado.

Além disso, o Google garantiu na sua declaração que o Joker continua a ser uma ameaça ativa que evolui com o tempo e, portanto, exige a máxima atenção aos utilizadores.

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais