Fornecimento de 5G não será interrompido devido a surto de coronavírus, diz a Huawei

A China é o centro de fabrico da maior parte da tecnologia que serve o mundo digital globalmente e o facto do país ser atingido por este surto de coronavírus colocou a nu a dependência global que temos de produtos e tecnologia chinesa. Yang Chaobin, presidente da linha de produtos 5G da Huawei, disse a repórteres que o equipamento 5G da marca foi fabricado nas próprias fábricas da Huawei, relata a Reuters.

Na quinta feira, a Huawei lançou novas soluções 5G e produtos e soluções para a indústria e nesta ocasião a empresa afirmou que o fornecimento de produtos 5G aos clientes não será afetado pelo surto de Coronavírus.

A China é o centro de fabrico da maior parte da tecnologia que serve o mundo digital globalmente e o facto do país ser atingido por este surto de coronavírus colocou a nu a dependência global que temos de produtos e tecnologia chinesa.

Yang Chaobin, presidente da linha de produtos 5G da Huawei, disse a repórteres que o equipamento 5G da marca foi fabricado nas próprias fábricas da Huawei, relata a Reuters.

"Desde o surto do vírus, e já há algum tempo, todas as fábricas da Huawei retomaram a produção", disse Yang. "Os principais fornecedores também retomaram a produção, portanto não há impacto algum no fornecimento aos nossos clientes".

A Huawei tem neste momento 91 contratos comerciais de 5G e já comercializou mais de 600.000 unidades de antenas ativas massivas MIMO 5G (AAUs) em todo o mundo, o que representa um aumento em relação ao recorde anterior e superior aos seus concorrentes.

Relacionado:  EMUI 12 está a chegar? Aqui está algo inesperado

 

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!