Android Geek
O maior site de Android em Português

Fomos lutar contra a Inteligência Artificial no novo jogo Singularity da Zero Latency e ficámos viciados

Já sabíamos que a Zero Latency Lisboa, era a maior experiência de realidade virtual da Europa. Quando soubemos que a partir de sexta-feira, dia 16 de março, tinham um jogo novo chamado Singularity não conseguimos resistir e aceitámos o convite para mostrar a essas máquinas rebeldes que quem manda aqui somos nós.

Fomos lutar contra a Inteligência Artificial no novo jogo Singularity da Zero Latency e ficámos viciados 1

O jogo Singularity que é considerado pela imprensa especializada, como o melhor jogo de realidade virtual até ao momento, proporciona uma experiência imersiva pelos interiores de uma nave espacial, novos oponentes controlados por um sistema dotado de inteligência artificial, novas mecânicas e novas possibilidades de controlo para os 6 jogadores. 

Singularity, a nova experiência do Zero Latency vem juntar-se ao jogo que já estava disponível no centro:  Zombie Survival. Seguindo filmes de ficção como 2001, Odisseia no Espaço ou o mais recente Era de Ultron, em Singularity os jogadores são convidados a sobreviver à máquina Rogue AI e às vagas de robots e drones por ela controlados. O objectivo do jogo é desactivar o servidor da Estação Espacial.  

Fomos lutar contra a Inteligência Artificial no novo jogo Singularity da Zero Latency e ficámos viciados 2

A diferença face a Zombie Survival, cuja a acção acontece num espaço urbano delimitado, em Singularity os jogadores podem e devem deslocar-se por entre diferentes ambientes de uma nave espacial. Além da liberdade de movimentos na zona de jogo com 225 metros quadrados é possível  usar corredores, rampas e passar por salas de controlo para chegar ao servidor, ao mesmo tempo, que precisam de sobreviver aos ataques de Rogue AI. 

Em Singularity, a detecção de movimento da arma (RAVEN) permite ao jogador utilizá-la como escudo para desviar ataques. Além de 4 armas distintas disponíveis, o utilizador pode recorrer a tácticas defensivas na partida e colaborar com os restantes elementos da equipa. Podem participar na experiência até 6 jogadores. 

A experiência de realidade virtual mais imersiva que experienciámos

Bem, mas vamos ao jogo. Após um pequeno Briefing em que nos é apresentada a mecânica do jogo Singularity  assim como as armas que temos disponíveis e a melhor forma de as usar, somos equipados com uma mochila com a tecnologia necessária para entrarmos em "combate" assim como o respectivo Headset VR e Auscultadores.

Fomos lutar contra a Inteligência Artificial no novo jogo Singularity da Zero Latency e ficámos viciados 3
mde

O jogo é Multiplayer, portanto,  conseguimos ver na realidade alternativa os nossos companheiros de luta, assim como comunicar através de um microfone. E é muito útil, pois toda a cooperação é pouca para eliminar todos os robots e drones que nos querem aniquilar.

Sou o segundo a contar da esquerda e como podem ver já estava em modo de "combate", apesar da "descontracção" da minha equipa.

Fomos lutar contra a Inteligência Artificial no novo jogo Singularity da Zero Latency e ficámos viciados 4

A experiência é totalmente imersiva e o equipamento muito confortáfvel, após alguns segundos dentro da realidade alternativa e já estamos noutro mundo, com todos os nossos sentidos "enganados" por esta fantástica experiência tecnológica.

Imagens não dísponiveis: "2" bgs_gallery_image_size="full" ids="89878,89879"]

Andamos numa nave espacial labiríntica, com escadas, elevadores, portas e plataformas, sem na realidade sairmos do espaço de 200 metros quadrados que a Zero Latency preparou para a experiência.

Fomos lutar contra a Inteligência Artificial no novo jogo Singularity da Zero Latency e ficámos viciados 5

Não foi a minha primeira experiência em realidade virtual, longe disso. Mas foi a primeira vez que apesar de conscientemente saber que estava numa sala plana, o meu corpo insistia em disparar adrenalina quando tive que atravessar um passadiço virtual a vários metros de altura.

Toda a experiência é controlada por um Game Master, que está numa cabine de controlo em que vê tudo o que cada jogador está a ver, e alerta se nos aproximamos demais das limitações fisicas do espaço, ou uns dos outros.

Esta é uma experiência que todos vão gostar de experimentar, juntem um grupo de amigos e encham o espaço da Zero Latency. Garanto que não se vão arrepender.

Preços, idades, horários, reservas on-line e serviços para empresas

O Centro Zero Latency está localizado no Dolce Vita Tejo, ao lado da KidZania, junto à zona de restauração. O horário de funcionamento será de segunda a quinta-feira das 14:00 às 22:00, e na sexta-feira das 14:00 às 23:00. No sábado estará aberto das 11:00 às 23:00 e no domingo das 11:00 às 22:00. A idade mínima para participar na experiência imersiva de realidade virtual é de 13 anos.

O preço por pessoa para jogar Singularity é de 19,95€ por sessão (a experiência dura 45 minutos - 15 minutos para preparação e briefing, 15 minutos de jogo e 15 minutos de conclusão).

A partir deste fim de semana, o Zero Latency passa também a disponibilizar um pacote de experiência Singularity + Zombie Survival por 29,95€ (60 minutos de experiência).

Já uma sessão de Zombie Survival (60 minutos) mantém o valor de 24,50€.

Além das bilheteiras no centro, será também possível comprar bilhetes on-line, bastando a qualquer pessoa deslocar-se ao site do Zero Latency, escolher o dia, a hora, número de pessoas e proceder ao pagamento. Sugere-se, no entanto, a reserva on-line atempada do dia e hora da sessão pretendida.

Este espaço poderá igualmente ser utilizado por empresas e grupos para reuniões, eventos, apresentações, etc disponibilizando-se um vasto conjunto de serviços e num ambiente difícil de igualar.

Zero Latency na Europa e no Mundo

Zero Latency abriu o seu primeiro centro em Melbourne na Austrália, em 2015. Seguiu-se depois um segundo em Tóquio pela mão da popular empresa de jogos Sega, dentro do centro Joypolis. Em Novembro de 2016 é aberto o primeiro centro em Orlando nos Estados Unidos e poucos meses depois, Madrid torna-se na primeira cidade europeia a receber a Zero Latency pela mão da 7fun, que detém os direitos de exploração. Amadora é a segunda cidade europeia, e está prevista a expansão para outros países ao longo deste ano. Já existem 16 centros Zero Latency espalhados por 8 países de 4 continentes.

Tecnologia e jogos na Zero Latency

A experiência Zero Latency baseia-se numa tecnologia flexível e escalável que permite adaptar-se a diferentes áreas de jogo e número de jogadores, dependendo das necessidades de cada centro. A zona de jogo Zero Latency pode ir desde os 225 metros quadrados - como acontece no Dolce Vita Tejo – até aos 400 metros quadrados – como acontece em Melbourne, o que o torna 5 vezes maior do que qualquer outro espaço de jogo de realidade virtual existente no momento. E podem jogar até seis jogadores em simultâneo.

O espaço Zero Latency não tem paredes físicas, o que permite ao jogador andar, correr e lutar em diferentes cenários virtuais e em sucessivos níveis do videojogos.

A liberdade de movimento única é obtida graças a equipamento especial. Cada jogador terá consigo uns óculos de realidade virtual baseados em OSVR, uma pequena mochila às costas com um computador AlienWare e armas simuladas impressas em 3D, o que tudo junto permite proporcionar ao jogador um grande realismo. No total, o equipamento tem um peso inferior a 3 quilos permitindo a qualquer pessoa poder jogar, independentemente da idade.

Já o sistema de rastreamento utilizado, cuja tecnologia aguarda aprovação de patente, inclui um jogo de câmaras que segue os movimentos dos participantes, envia um sinal aos servidores que o processa e o devolve ao computador que os jogadores levam às costas. É nessa altura que a imagem é renderizada e reproduzida nos óculos de realidade virtual. E tudo em tempo real e com uma latência zero (diferença de tempo entre o que faz um jogador e quando o vê). É daqui que vem o nome do Zero Latency.

 

Gostaram? Podia ter sido melhor?
Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Gostaram? Podia ter sido melhor?
Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
close-link