Android Geek
O maior site de Android em Português

Facebook quer que o mundo saiba que é dono do Instagram e do WhatsApp

Em janeiro, porém, a empresa anunciou que está a trabalhar num back-end unificado para as suas aplicações de mensagens e considera mesmo cruzar as conversas entre plataformas.

Mesmo que o Facebook tenha adquirido o Instagram e Whatsapp há vários anos, os dois serviços operaram de forma bastante independente por algum tempo. Houve alguma integração entre os três na forma de sincronização de amigos e partilha de histórias através das plataformas, mas esta integração nunca foi levada mais longe.

Facebook quer que o mundo saiba que é dono do Instagram e do WhatsApp 1

Em janeiro, porém, a empresa anunciou que está a trabalhar num back-end unificado para as suas aplicações de mensagens e considera mesmo cruzar as conversas entre plataformas. Mas antes de isso, o Facebook precisa que todos saibam que o Instagram e o WhatsApp fazem parte da empresa, já que quer acrescentar o seu nome a ambos os serviços. O rebranding não será subtil, pois as aplicações serão renomeadas para "Instagram do Facebook" e "WhatsApp do Facebook". A nova denominação será visível nas lojas de aplicações e nas próprias aplicações, deixando claro para o público que são propriedade do Facebook.

A mudança foi confirmada pelo porta-voz da empresa, e diz que querem "querer ser mais claros sobre os produtos e serviços que fazem parte do Facebook". Esta é uma jogada ousada, especialmente considerando que os utilizadores não são tão preocupados com a segurança e privacidade no Instagram e WhatsApp  como são do Facebook.

Paralelamente a empresa está sob investigação pela Federal Trade Commission a respeito das suas aquisições, e o tempo para a mudança de nome parece ser no mínimo estranho. O Facebook parece estar a acelerar a integração das suas aplicações de mensagens, e o rebranding pode ser o primeiro passo para um ecossistema mais unificado. Na verdade, também está a reorganizar as suas linhas internas, já que a equipa do Instagram Direct juntar-se-á ao Messenger, sugerindo uma abordagem unificada de mensagens entre os serviços do Facebook.

Fonte

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais