Android Geek
O maior site de Android em Português

Este verão não perca o roaming

Obviamente, o roaming é gratuito apenas nos países que pertencem ao Espaço Económico Europeu (EEE), sendo pago quando viaja por outros países do mundo. Os tarifários já são muito atrativos e incluem dados de navegação na internet, sendo bastante simples a sua ativação.

Longe vão os tempos em que para acionarmos o serviço de roaming activo tínhamos de ligar para o número de apoio vodafone Portugal e nunca era fácil de engolir quando voltávamos de férias, ou de uma viagem de trabalho, e recebíamos a factura da operadora telefónica. Obviamente, o roaming é gratuito apenas nos países que pertencem ao Espaço Económico Europeu (EEE), sendo pago quando viaja por outros países do mundo. Os tarifários já são muito atrativos e incluem dados de navegação na internet, sendo bastante simples a sua ativação.

Este verão não perca o roaming 1

Reunimos algumas curiosidade sobre o serviço de roaming:

Quando se generalizou o uso roaming?

Falar no estrangeiro sem problemas

Sabia que só pelo ano de 1998 foi generalizado o uso do roaming? Pois é. O desenvolvimento tecnológico dos nossos dias, em que tudo evolui muito rapidamente, muitas vezes faz-nos esquecer que nem sempre foi assim. Sendo que o uso do telemóvel só se generalizou no início da década de 1990, foi necessário esperar um pouco para que fosse possível ligar de um país que não fosse o seu. Os primeiros telemóveis do mercado — o DynaTACTM 8000X da Motorola ficará para sempre na história das telecomunicações — chegaram na primeira metade da década de 1980, mas eram extremamente rudimentares e ainda se caracterizavam pelo uso de um sistema analógico e deficiente. Só após o aparecimento do sistema GSM (Global System for Mobile) foi possível desenvolver uma comunicação efectiva quando levava o seu telemóvel para o estrangeiro. Contudo esse serviço tinha um preço exorbitante.

 

Serviço pré-pago? Quem inventou?

Tem assinatura portuguesa, com certeza!

Uma das maiores comodidades alcançadas na década de 1990 foi sem dúvida o serviço de carregamentos pré-pagos, ainda que hoje pareça um serviço descontinuado e sem lógica absolutamente nenhuma. A verdade é que este serviço, que surgiu em 1995 com o serviço Mimo, revolucionou o mercado das comunicações e permitiu o acesso de telemóveis a muitos novos utilizadores, que até então não tinham poder económico para o fazer. Permitiu, também, que não se morresse de ataque cardíaco com a conta do roaming, quando sem querer atendíamos uma chamada no estrangeiro. Incrivelmente, a empresa pioneira da introdução do telemóvel em Portugal, a TMN (Telecomunicações Móveis Nacionais), foi também a primeira operadora mundial a lançar este serviço.

 

Quando se deixou de pagar roaming?

Ainda é um serviço pago?

Desde o dia quinze de junho de 2017 que o roaming não é pago dentro do Espaço Económico Europeu, seja para o serviço telefónico, seja para o serviço de dados de internet, que podem ser usados normalmente como no país de origem. Esta abertura do mercado colocou um fim aos altos custos inerentes a falar ao telemóvel quando viaja para um país membro da EEE. Contudo, este não é um serviço permanente, ou seja, deve ser usado de forma comedida. Tem cerca de catorze dias de serviço de roaming gratuito, devendo depois deste período esclarecer junto da sua operadora a necessidade de mais dias e qual os tarifários que oferecem. Na verdade, apenas 1% dos utilizadores do serviço de roaming são afetados por esta situação, uma vez que os demais utilizadores deslocam-se pelos países membros em férias e raramente estendendo as mesmas por mais que o tempo de roaming.