Android Geek
O maior site de Android em Português

Empresa japonesa NEC vê problemas da Huawei como um bilhete de entrada no mercado 5G

Takashi Niino aponta que o Japão tem uma oportunidade de renovar a sua presença enfraquecida devido ao aumento do protecionismo e à pressão de Washington em países como a Grã-Bretanha para cortar laços com o fornecedor chinês Huawei das suas redes de telecomunicações. A NEC tem ambições significativas, com o objetivo de aumentar a participação no mercado global de estações-base de 0,7% agora para 20% até 2030.

A pressão dosEEUA sobre a Huawei deu à NEC e à sua nova parceira NTT um "bilhete de ouro" para competir na corrida para fornecer equipamentos 5G, a aliança japonesa registou um crescimento em terras do Tio Sam e no Reino Unido, de acordo com o executivo-chefe da NEC.

Huawei Logo MWC 2019

Takashi Niino aponta que o Japão tem uma oportunidade de renovar a sua presença enfraquecida devido ao aumento do protecionismo e à pressão de Washington em países como a Grã-Bretanha para cortar laços com o fornecedor chinês Huawei das suas redes de telecomunicações.

A NEC tem ambições significativas, com o objetivo de aumentar a participação no mercado global de estações-base de 0,7% agora para 20% até 2030.

Fora do Japão, o principal objetivo da NEC são os EUA. Mas o fornecedor de equipamentos de telecomunicações sem fio também espera recuperar a sua posição no Reino Unido, que colocou um limite de 35% no uso de equipamentos da Huawei por razões de segurança nacional e está a rever esse limite à luz de novas sanções.

Na terça-feira, a FCC dos EUA Co consagrou a Huawei e ZTE como uma ameaça à segurança nacional, citando os seus laços estreitos com o Partido Comunista e militar da China.

"Na questão da Huawei, os governos de todo o mundo estão a avaliar que opções existem", disse Niino ao Financial Times. "Há uma possibilidade da NEC fazer parte dessas opções, uma possibilidade que não existia no passado."

Niino aponta que o governo do Reino Unido está a considerar alternativas aos equipamentos da Huawei, à medida que os quatro operadores móveis da Grã-Bretanha lançam redes 5G.

(fonte)

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!