Despedimentos na HTC e provavel abandono da plataforma móvel

Despedimentos na HTC e provavel abandono da plataforma móvel

A HTC apresentou um prejuízo de cerca de 147 milhões de euros no ultimo trimestre, e encontra-se numa frágil posição de recuperar os resultados no próximo trimestre, em resultado a HTC vai reduzir postos de trabalho e descontinuar alguns dos seus smartphones.

No trimestre de abril a  junho, a HTC contabilizou receitas de 954 mil milhões de euros em todo o mundo, o que corrresponde a cerca de 50% do conseguido em igual período do ano passado.

Devido a estes resultados desastrosos e prevendo mais perdas para o próximo trimestre, a estratégia da HTC passa pela redução da força de trabalho e  descontinuação de alguns dos seus telefones, como parte de um plano de reestruturação.

O vice-presidente financeiro Chialin Chang afirmou que

Os cortes serão em todos os sectores e serão significativos

Esta estratégia de contenção irá prolongar-se pelo menos até ao primeiro trimestre do ano que vem.

A empresa esclareceu em comunicado que estes resultados se explicam com

“procura mais fraca do que o esperado”

“vendas mais fracas no mercado chinês”

Com estas constatações a aHTC começou a implementar medidas de eficiência em toda a empresa para reduzir os custos operacionais na organização e assegurar que os recursos estão correctamente alocados para impulsionar o crescimento futuro.

Relacionado:  MediaTek ultrapassou a Qualcomm novamente com 38% de participação no mercado de remessa de Chipsets

Há já algum tempo que a HTC tem vindo a perder quota de mercado para os concorentes, e encontra-se neste momento numa posição bastante desconfortável para o futuro.

 

FONTE

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!