Android Geek
O maior site de Android em Português

Unisoc Tiger T710 vence o Kirin 810 tornando-se no novo Rei da IA

O Tiger T710 é um processador octa-core que usa a arquitectura big.LITTLE. Existem quatro núcleos Cortex-A75 com clock de 2.0GHz e quatro núcleos Cortex-A55 com clock de 1.8GHz. também tem um PowerVR GM 9446.

A Unisoc (Spreadtrum) pode dar a outros fabricantes de Chipsets uma corrida pelo seu dinheiro com o seu próximo chipset, o Tiger T710. O SoC foi aferido no benchmark da IA e ele ultrapassa todos os processadores móveis, onde se incluem o Kirin 810, que costumava ser o rei. O Tiger T710 é um processador octa-core que usa a arquitectura big.LITTLE. Existem quatro núcleos Cortex-A75 com clock de 2.0GHz e quatro núcleos Cortex-A55 com clock de 1.8GHz. também tem um PowerVR GM 9446. Resultado do Tiger T710 AI Benchmark Com base nesta configuração, o Tiger T710 é ainda mais potente do que o Helio P90, que possui uma configuração similar, apesar de 2 x núcleos A75 e 6 x núcleos A55, mas com a mesma GPU. E um resultado de benchmark AnTuTu do Helio P90 mostra que é rival do processador Snapdragon 710 da Qualcomm. Como o dispositivo de teste Helio P90 tem pontuação superior à do Lenovo Z5 Pro com chipset Snapdragon 710, o Tiger T710 da Unisoc deverá ainda ampliar a sua  margem.

O Tiger T710 tem uma pontuação de IA de 28.097, batendo a pontuação de 23.944 do Kirin 810 por uma margem significativa. Um desdobramento da pontuação mostra que o Kirin 810 tem uma pontuação IA Float ligeiramente mais alta. No entanto, o Tiger T710 bate todos os outros SoCs em modelos Quantized IA. Resultado do Tiger T710 AI Benchmark Ainda não há informações sobre o lançamento do Tiger T710 e não sabemos quais fabricantes o irão usar nos seus dispositivos. No entanto, estamos muito entusiasmados com o chipset e estamos ansiosos para ter mais resultados de benchmark.

 

Fonte

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais