Android Geek
O maior site de Android em Português

Códigos QR estão a ser substituídos por reconhecimento facial para pagamentos na China

Mas agora, desde que os códigos QR estão a ganhar mais popularidade para fora da China, os gigantes da tecnologia no mercado chinês estão a mover-se em direcção a um novo sistema de pagamentos móveis – o reconhecimento facial.

A China está entre os poucos países que adoptaram amplamente o sistema de pagamentos móveis, ao tornar o sistema bastante fácil de usar em comparação com as formas tradicionais. A popularidade dos pagamentos móveis na China foi impulsionada pelo uso de códigos QR, que torna o processo super fácil, pois o utilizador só precisa digitalizar o código para fazer pagamentos. Mas agora, desde que os códigos QR estão a ganhar mais popularidade para fora da China, os gigantes da tecnologia no mercado chinês estão a mover-se em direcção a um novo sistema de pagamentos móveis - o reconhecimento facial. Empresas como a Ant Financials, que faz parte do grupo Alibaba e o WeChat, apoiado pela Tencent, já começaram com o reconhecimento facial.

Sistema de Reconhecimento Facial do Alibaba para Pagamentos

O sistema de pagamentos baseados no reconhecimento facial oferece mais facilidade e segurança, bem como a portabilidade, em comparação com o método dos códigos QR. Além disso, o uso desse novo método poderia impulsionar ainda mais o uso de pagamentos móveis, já que tem o potencial de trazer uma nova onda de utilizadores menos experientes em tecnologia, como os idosos. A Alipay lançou o seu sistema de reconhecimento facial Dragonfly, que é uma actualização do sistema Smile-to-Pay, em dezembro do ano passado. Desde então, a empresa expandiu para mais de 300 cidades na China. a seguir os seus passos, está a rival WeChat Pay que também começou a oferecer o seu aparelho para os comerciantes por volta de três meses depois.

O dispositivo é capaz de digitalizar tanto o rosto do cliente quanto os códigos QR para pagamento. No entanto, a empresa não partilhou estatísticas. A adaptação deste novo sistema de reconhecimento facial tornou a experiência de compra mais fácil. Durante o checkout, tudo o que precisa fazer é escolher o reconhecimento facial para pagar e olhar para a câmara do tablet. Uma vez autorizado, o valor será deduzido da conta do utilizador. Agora, o utilizador não precisa tirar o smartphone, ler o código QR e seguir as etapas para efectuar o pagamento. Isto também está a levar à menor dependência de caixas. Por exemplo, a Alipay agora oferece soluções como máquinas de venda automática e máquinas de check-out automático que usam scans faciais para processar pagamentos. Sistema de Reconhecimento Facial do Alibaba para Pagamentos A batalha pela participação de mercado de pagamentos móveis na China é maioritariamente entre dois gigantes - WeChat Pay e Alipay. De acordo com as informações, as duas empresas responderam em conjunto por mais de 90% dos pagamentos móveis da China no ano passado. Ambas são quase iguais quando se trata do tamanho dos pagamentos, com o WeChat Pay a responder por 45% do valor total das transacções e o Alipay por 46%, revela a empresa de pesquisa de mercado Ipsos.

Actualmente, existem cerca de 583 milhões de utilizadores que usam tecnologia de pagamentos móveis. Com mais de 562 milhões de chineses ainda por se ligar à internet, o mercado tem ainda muito espaço para crescer.

 

Fonte

 

 

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!