Android Geek
O maior site de Android em Português

Cidadão chinês nos EUA declarou-se culpado de vender US $ 1,1 milhões em unidades falsas de iPhone e iPad

Jianhua "Jeff" Li, um cidadão chinês de 43 anos que mora nos EUA com um visto de estudante, declarou-se culpado ontem no tribunal de distrito dos EUA em Nova Jersey por acusações relacionadas a uma operação criminal. O esquema ilegal vendeu US $ 1,1 milhões em dispositivos Apple iPhone e iPad falsos. Li admitiu uma conspiração para traficar mercadorias e rótulos falsificados e contrabandear bens para os Estados Unidos. Será condenado a 30 de maio.

 

Cidadão chinês nos EUA declarou-se culpado de vender US $ 1,1 milhões em unidades falsas de iPhone e iPad 1Li e os seus associados contrabandearam 40 mil dispositivos e acessórios eletrónicos para os EUA de julho de 2009 a fevereiro de 2014. Entre os produtos, havia iPhones e iPads falsos, além de caixas e rótulos com marcas falsas da Apple. A receita das vendas da mercadoria falsa da Apple chegoucao mencionado US $ 1,1 milhão, que acabou em contas bancárias dos EUA de propriedade do arguido Li.

Os documentos arquivados no caso e testemunho judicial revelaram que, para escapar à detecção pelos funcionários da Alfândega e da Proteção de Fronteira dos EUA, os dispositivos foram enviados sem os rótulos com as marcas falsas. Uma vez que aparelhos e etiquetas chegavam aos EUA, os dispositivos eram colocados dentro das embalagens e enviados para colaboradores da rede em todo o país para serem vendidos a consumidores inocentes.

Três outros participantes no esquema declararam-se culpados, e foram sentenciados em julho passado a 37 meses de prisão.

fonte: DOJ via MacRumors

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais