Android Geek
O maior site de Android em Português

Chegaram os anúncios para o Facebook Messenger e é pior do que pensávamos

O Gestor de Produto do Facebook Messenger, Stan Chudnovsky já tinha avisado, que os anúncios para a aplicação iriam chegar em breve. E hoje vemos que já estão implementados. E é mau.

Os anúncios são bastante similares, aos encontrados no Instagram e Facebook, e focam-se em criar conversações entre utilizadores e negócios.

Chegaram os anúncios para o Facebook Messenger e é pior do que pensávamos 1

O Facebook começou a testar os anúncios Beta dentro do Messenger, em Janeiro na Austrália e Tailândia. O Messenger tem 1.3 Mil Milhões de utilizadores mensais mundialmente, e Stan Chudnovsky partilho que os anúncios vão ser o principal modelo de negócio para o Messenger.

"A publicidade não é necessariamente tudo, mas é definitivamente como vamos fazer dinheiro, no momento. E no futuro existem ainda outros modelos de negócio, que estamos a explorar , mas todos andam à roda de anúncios de uma maneira ou de outra" Disse Stan Chudnovsky à fonte numa entrevista pelo telefone.

Os anúncios usam um modelo tipo leilão, visando os utilizadores a ter umas conversas com um humano ou um bot, ao interagir com o anúncio. Para além disso também algumas marcas podem enviar mensagens patrocinadas, assim que tenham tido uma conversa com o utilizador.

Hoje vi no meu Messenger a primeira "invasão" de anúncios por parte do Facebook, como podem ver abaixo entre as conversas com os meus contactos surge um quadro "Patrocinado" em que o Facebook colocará o que achar que possa ter interesse ao utilizador e ás empresas que compram publicidade na plataforma.

Chegaram os anúncios para o Facebook Messenger e é pior do que pensávamos 2

A estratégia da equipa de Zuckerberg é simples mas eficaz. Investem em serviços e aplicações que venham a substituir aquelas que usávamos anteriormente, apostam na simplicidade e integração com o Facebook. Desta forma "matam" a concorrência e quando já não existe concorrência real, fazem o que querem, como por exemplo colocar anúncios no meio das nossas conversas.

Nota Apocalíptica: O Facebook dá aos utilizadores uma falsa sensação de informação e liberdade, quando na verdade, tudo o que vemos e consumimos através da plataforma nos é apresentado através de algoritmos pouco claros. Não vemos o que queremos, vemos aquilo que o Facebook acha que nos interessa, ou aquilo que interessa ao Facebook mostrar-nos.

O poder que entregámos ao Mark Zuckerberg e ao Facebook, permite-lhes influenciar eleições, eleger governos, interferir com os mercados, formar opinião pública e muito mais (não estou a dizer que o fazem, estou a dizer que têm o poder para o fazer). A internet é suposto ser sobre liberdade, e a evolução da plataforma está a levar-nos a entregar esse bem precioso de bandeja.

A inclusão de anúncios no Messenger é mais uma pincelada de negro no azul do Facebook. Qual a vossa opinião?

Gostaram? Podia ter sido melhor?
Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Gostaram? Podia ter sido melhor?
Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
close-link