Android Geek
O maior site de Android em Português

Autoridades alemãs consideram proibição à Huawei desnecessária

Um catálogo publicado pela Agência Federal de Redes na terça-feira estabelece os critérios e regras que as empresas de telecomunicações devem cumprir na compra de componentes, construção e operação de redes. Requisitos especiais para o fornecedor chinês Huawei não existem, porque simplesmente não são necessários.

Os novos requisitos de segurança para a construção de redes 5G estão a tomar forma - pelo menos do ponto de vista técnico. Um catálogo publicado pela Agência Federal de Redes na terça-feira estabelece os critérios e regras que as empresas de telecomunicações devem cumprir na compra de componentes, construção e operação de redes. Requisitos especiais para o fornecedor chinês Huawei não existem, porque simplesmente não são necessários. 

Huawei Logo MWC 2019

Os Estados Unidos e a Grã-Bretanha excluíram a Huawei da construção das suas redes 5G porque a empresa chinesa é acusada de estar muito próxima do governo em Pequim e alguns temem que haja riscos à segurança, onde se inclui espionagem e sabotagem. Em Berlim a perspectiva é mais conciliadora.

OMinistério Federal da Economia e o Ministério dos Transportes Alemão reiteram que o fornecimento de equipamentos da Huawei não deve ser proibida. Em vez disso, devem ser verificados e avaliados de acordo com as mesmas especificações dos concorrentes europeus e americanos. Eu sou tão fã dos alemães como qualquer outro europeu, mas temos que concordar que esta é a abordagem mais sensata. 

Monitorização de segurança, sim. Com a Huawei e com todos os outros

Esta linha é seguida pelo Federal Office for Information Security (BSI) e Olá agência oficial de proteção de dados do governo federal. Os componentes essenciais para a segurança devem ser certificados e devem ser obtidas "declarações de confiança" dos fabricantes e fornecedores. E as operadoras de rede devem comprar de fabricantes diferentes para evitar dependências.

“É preciso garantir que a segurança das redes ou serviços, bem como dos dados pessoais, não seja prejudicada pela dependência de terceiros”, diz o jornal.

Basicamente, a Alemanha diz que a segurança é monitorização dos fornecedores de redes são da mais extrema importância, e que se os países tiverem confiança nos seus mecanismos de segurança não há razão para não aceitar cooperações vantajosas com a Huawei e qualquer outro fornecedor que garanta qualidade e segurança.

 

Fonte

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!