Apple MacBook M1 ainda é dependente dos Chipsets Intel

O novo MacBook Apple M1 não se consegue se livrar dos Chipsets Intel. Embora o processador principal não use nada Intel, o novo MacBook Pro ainda não se livrou completamente dos Chipsets fornecidos pelo primeiro, como o controlo mestre Thunderbolt 4. O Thunderbolt 4 tem a mesma largura de banda máxima de pico de 40 Gbps que o Thunderbolt 3 e pode ser ligado a ecrãs duplos de 4K ou 8K.

O novo MacBook Apple M1 não se consegue se livrar dos Chipsets Intel. Embora o processador principal não use nada Intel, o novo MacBook Pro ainda não se livrou completamente dos Chipsets fornecidos pelo primeiro, como o controlo mestre Thunderbolt 4. O Thunderbolt 4 tem a mesma largura de banda máxima de pico de 40 Gbps que o Thunderbolt 3 e pode ser ligado a ecrãs duplos de 4K ou 8K.

Apple MacBook M1 ainda é dependente dos Chipsets Intel 1

O recém-lançado MacBook Pro tem três interfaces Thunderbolt 4 completas na parte externa, e todas elas precisam, para funcionar sem problemas, do controlo mestre Thunderbolt 4 da série 8000 da Intel para funcionar. Portanto, tendo em conta que a Apple quer cortar completamente a Intel nos seus futuros produtos, e a menos que personalize o próprio conjunto de padrões de transmissão de interface de alta velocidade.

Apple MacBook M1 ainda é dependente dos Chipsets Intel 2

Como a Apple é um membro importante da USB-IF Association, o Thunderbolt 4 para MacBook Pro também tem o primeiro padrão de interface USB-C v2.1 do mundo, com suporte para carregamento rápido USB PD 3.1, o que significa um máximo teórico de 48V / 5A ( 240W). Por razões de segurança, a Apple limitou-A 28 V / 5 A (140 W), mas, infelizmente, não há nenhum cabo USB-C EPR compatível no mercado, então se se quiserem atingir 140 W de potência de carregamento, só o podem fazer com MagSafe 3, o carregamento magnético rápido, o que não exclui a possibilidade de haver mais alternativas no futuro.

Fonte

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!