Apple consolidou a sua forte presença no mercado de tablets mundial

No total de tablets vendidos em três meses, os modelos Android representavam 21,9 milhões de unidades. Outros 14,8 milhões de unidades eram iPads da Apple baseados em iOS. Para além disso, foram vendidos aproximadamente 2,3 milhões de dispositivos Windows.

A Counterpoint Technology Market Research relatou uma diminuição na procura de computadores tablets no mercado global. A razão é a saturação da indústria, a actual situação geopolítica e a elevada inflação. Estima-se que no primeiro trimestre deste ano, os envios de tablets à escala global ascenderam a 39,4 milhões de unidades. Isto é 9% menos do que no último trimestre de 2021, quando os carregamentos foram de 43,3 milhões de unidades.

“Com numerosos problemas e perturbações na cadeia de fornecimento que afectam as remessas de tablets a nível mundial desde o primeiro trimestre de 2021, as quotas de mercado mudaram. As vendas de tablets Android ainda lideram o mercado, mas a diferença para com os iPads da Apple está a diminuir. Devido ao facto do mercado de tablets atingir a saturação, e as novas regiões com menos volume que enfrentam pressões inflacionistas e incertezas, os envios por SO estão a reflectir esta mudança. De acordo com o Counterpoint Research’s Tablet Market Tracker, os envios globais de tablets no 1º trimestre de 2022 contraíram-se em 9% QoQ”.

Apple consolidou a sua forte presença no mercado de tablets mundial 1
No total de tablets vendidos em três meses, os modelos Android representavam 21,9 milhões de unidades. Outros 14,8 milhões de unidades eram iPads da Apple baseados em iOS. Para além disso, foram vendidos aproximadamente 2,3 milhões de dispositivos Windows.

Tablets Android perdem terreno para os iPads no 1º trimestre de 2022

“Apesar do lançamento de novos dispositivos e do crescimento da Samsung no trimestre, os tablets Android, no seu conjunto, diminuíram significativamente atingindo os seus envios mais baixos em quase dois anos. Com um decréscimo de 14% no QoQ, o SO Android é responsável por aproximadamente 90% das perdas de envios no Q1 2022. O Android serve de base para um conjunto diversificado de marcas, incluindo Lenovo, Asus, Acer, e Dell, que registaram todas reduções notáveis no trimestre”.

Apple consolidou a sua forte presença no mercado de tablets mundial 2

A percentagem de tablets baseados no Android caiu de 59% para 56%, trimestre a trimestre. A Apple está a reforçar a sua posição no contexto de uma queda geral nas vendas: o seu resultado foi de 38% contra 34% no último trimestre do ano passado. A percentagem de gadgets do Windows não mudou, mantendo-se ao nível de 6%.

Aparentemente, no segundo semestre do ano, a procura de computadores tablet vai continuar a diminuir.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!