Apple alvo de ataque de ransomware. Esquemas de produção dos novos iMac roubados

revelou a sua mais nova linha de iPads e novos iMacs na terça-feira, um dos seus principais fornecedores sofreu um ataque de ransomware de uma operadora russa que alegava ter roubado os projetos dos produtos mais recentes da empresa americana.

A Apple Inc. revelou a sua mais nova linha de iPads e novos iMacs na terça-feira, um dos seus principais fornecedores sofreu um ataque de ransomware de uma operadora russa que alegava ter roubado os projetos dos produtos mais recentes da empresa americana.

O grupo de ransomware REvil, também conhecido como Sodinokibi, publicou na manhã de terça-feira ter-se infiltrado na rede de computadores da Quanta Computer Inc. a empresa sediada em Taiwan é um fornecedor chave para a Apple, e fabrica principalmente Macbooks. Da mesma forma, produz equipamentos para por exemplo HP Inc., Facebook Inc. e Alphabet Inc.do Google.

Apple alvo de ataque de ransomware. Esquemas de produção dos novos iMac roubados 1

A face pública da REvil na darkweb, um utilizador do fórum XSS que atende pelo nome de 'Unknown', anunciou no domingo que o grupo de ransomware estava prestes a declarar o “maior ataque de todos os tempos”. A publicação foi feita em russo num canal onde o grupo REvil recruta novos membros.

Os hackers afirmam que esperaram para divulgar o ataque à Quanta para depois da data da última grande revelação da Apple, alegando que o fornecedor de peças não manifestou interesse em pagar para recuperar os dados roubados.

A Quanta reconheceu um ataque sem detalhar os dados roubados.

“A equipa de segurança da informação da Quanta Computer trabalhou com especialistas externos de TI em resposta aos ataques cibernéticos num pequeno número de servidores Quanta”, disse a empresa num comunicado. “Reportamos e mantivemos comunicações contínuas com as autoridades policiais sobre as atividades anormais observadas recentemente. Não há impacto material na operação de negócios da empresa. ”

Quando o lançamento do produto da Apple terminou, REvil publicou esquemas para um novo laptop, onde se inclui 15 imagens que detalham as entranhas do que parece ser um Macbook recente.

REvil está agora a tentar extorquir a Apple no seu esforço para lucrar com os dados roubados. Pediram à Apple que pagasse o resgate até 1º de maio. Até o pagamento ser efectuado, os hackers continuarão a publicar novos arquivos todos os dias, disse REvil no seu blog.

Relacionado:  4 dicas úteis para Huawei Petal Search

A Apple recusou-se a comentar

A Quanta acrescentou que o sistema de defesa da segurança da informação foi imediatamente activado e retomou os serviços internos afectados pelo incidente. A empresa está a atualizar A sua infraestrutura de segurança cibernética para proteger os seus dados.

O Ransomware é um tipo de código malicioso que normalmente criptografa os dados da vítima ou a rede de computadores. Os hackers exigem depois um resgate para descriptografar as informações ou pelo menos não vender os documentos. O REvil é o mesmo grupo que executou um ataque de ransomware em 2020 contra um escritório de advogados que representou algumas das empresas de Donald Trump. Em 2019, o grupo também atacou um grupo de funcionários eleitorais da Louisiana uma semana antes do dia da eleição.

REvil tentou negociar com a Quanta na semana passada numa sala de chat na página darkweb. A REvil começou a interacção alegando ter roubado e criptografado “todos os dados da rede local” e exigia US $ 50 milhões pela chave de descriptografia para desbloquear os sistemas.

A REvil cumpriu a promessa de publicar dados que acredita serem os projetos da Apple para novos dispositivos. As imagens incluem números de série, tamanhos e capacidades de componentes específicos, detalhando as várias peças dentro de um laptop Apple.

Uma das imagens é assinada por um designer da Apple, John Andreadis e datada de 9 de março de 2021.

Fonte

 

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!