No entanto, todos os três aplicativos de benchmark do Antutu foram removidos da Play Store, possivelmente como parte da repressão sobre as aplicações do infame programador Cheetah Mobile.

As três aplicações afetadas incluem Antutu 3DBench, Antutu Benchmarke AItutu Benchmark. De acordo com o serviço de análise AppBrain, a atualização mais recente para a aplicação de benchmark AI foi em 13 de fevereiro e a aplicação padrao foi atualizada em 7 de fevereiro. Não está claro quando exatamente as remoções ocorreram, embora a aplicação Antutu tenha estado disponível tão recentemente quanto 22 de fevereiro.

Antutu parece pertencer à Cheetah Mobile.

Entramos em contato com a Antutu para perguntar por que as suas aplicações foram removidas, mas já sabemos o porquê - o link da política de privacidade no site último arquivo disponível da lista de aplicações aponta para o Site da Cheetah Mobile, indicando que o Antutu provavelmente pertence à CM.

Com ssabemos o Google retirou todas as aplicações da Cheetah Mobile da Play Store no mês passado depois de anos de repetidas violações de política, e se o Antutu for mesmo propriedade da Cheetah Mobile, isso explica por que os benchmarks do Antutu desapareceram. O site de Antutu não faz referência ao Cheetah Mobile (há até uma política de privacidade completamente separada), mas a base de dados de negócios Tianyancha lista Fu Sheng como presidente / gestor da Beijing Antutu Technology Co. - a mesma pessoa que aparece como CEO da Cheetah Mobile.

O AnTuTu parece ter notado a remoção, pois alguns dos links para download na Play Store no site foram substituídos por links directos do APK. Atualizaremos esta publicação se soubermos novidade.