Android Geek
O maior site de Android em Português

Análise Aquaris E4.5 Ubuntu Edition

Análise Aquaris E4.5 Ubuntu Edition

Após anos de desenvolvimento , o primeiro telefone Ubuntu chegou finalmente à Europa e apesar do hardware ser considerado de gama média, o sistema operativo pode ser considerado uma lufada de ar fresco , traz inovações como os Scopes  e “magic borders” , concebidas não apenas para ser diferente , mas em muitos aspectos , para superar as tendências actuais.

Para quem está a pensar adquiri um telefone com este sistema operativo é importante que mantenham a noção que o Ubuntu móvel ainda é um bebé comparado com os outros sistemas operativos conhecidos para Smartphones, e por isso é expectável que se encontrem algumas limitações, por exemplo: WhatsApp ou Skype não se encontram a funcionar neste sistema operativo.

Aquaris E4.5 Ubuntu Edition é o primeiro telefone Ubuntu e foi feito em parceria com a BQ , uma produtora espanhola de smartphones , tablets, leitores eletrônicos , e impressoras 3D, que nós já conhecemos muito bem de outros produtos de excelente qualidade.

Aquaris E4.5 Ubuntu Edition especificações:

  • Ecrã: 4.5”, 540×960 resolução
  • Dimensõess: 137 x 67 x 9 mm / 123 g de peso
  • CPU: Quad Core Cortex A7 até 1.3 GHz MediaTek
  • GPU: Mali 400 up to 500 MHz
  • Camera: 8 Mpx rear interpolada (Dual-flash and autofocus), 5 Mpx front
  • Internal memory: 8 GB
  • RAM: 1 GB
  • Battery: LiPo 2150 mAh
  • Dual micro-SIM
  • MicroSD slot, up to 32 GB
  • Wi-Fi 802.11 b/g/n
  • Bluetooth® 4.0
  • 2G GSM (850/900/1800/1900)
  • 3G HSPA+ (900/2100)
  • GPS and A-GPS
  • LED notification, Dolby® sound technology, FM radio, microphone, noise canceller

Como devem ter reparado em termos de hardware o telefone não vem com nada de especial: desde a sua construção em plástico até ao ecrã mediano de(4,5 ” resolução 540×960) passando pelo CPU (1,3 GHz Quad Core MediaTek Cortex A7), memória interna (8 GB) e bateria ( 2150 mAh), tudo é basicamente normal no entanto, a 169,90 €, é sem dúvida um bom negócio.

Para quem está interessado em experimentar e ser dos primeiros a usar o tão famoso e bem sucedido Ubuntu no smartphone o hardware de gama média não é suficiente para nos fazer desistir da opção.

Um dos aspectos que podem ser considerados mais critícos no hardware é a câmera: as imagens são aceitáveis, mas poderiam ser melhores e, além disso, as fotos tiradas com o flash são muito brilhantes e basicamente não aproveitáveis, isto pode ser um grande inconveniente para quem privilegia o smartphone como meio de capturar imagens.

Tendo em conta que o telefone tem 8 Mpx na camera traseira interpolados (-flash duplo e autofoco), ficamos na dúvida se esta questão será devido ao hardware ou software.

O Aquaris E4.5 Ubuntu Edition tem uma moldura de dois centímetros abaixo do display (o Aquaris E4.5 era inicialmente um telefone Android e este tem e usa os botões) o design ter-se mantido na edição Ubuntu pode ser considerado algo  decepcionante pois na verdade temos botões que não podemos utilizar. Mas a Canonical tinha que começar por algum lado e embora não seja perfeito, Aquaris E4.5 é um bom telefone em geral, relativamente fluído, vem com dual sim, as colunas de som são boas e é o tamanho perfeito, para quem gosta de equipamentos mais pequenos.

Nota: A bq já deixou em aberto que seria tecnicamente possível flashar ROMS Android neste equipamento, apesar de não o recomendar , isto significa que os botões fisicos que parecem inúteis quando usamos o OS Ubuntu serão de extrema utilidade se quisermos correr o OS Android.

Scopes Ubuntu Phone BQ

O que torna o Aquaris E4.5 Ubuntu Edition uma edição especial é, claro, o sistema operativo, que pode executar aplicações web HTML5, bem como aplicações nativas QML.

Encontramos aplicações em todos os sistemas operativos móveis, mas a Canonical também implementou os Scopes, um inovador  recurso graças ao qual o conteúdo de várias fontes pode ser exibido num único ecrã, esta inovação é para ser valorizada pois ultimamente vemos o Android e iOS a caminhar quase de mãos dadas e apresentar funcionalidades realmente novas tem sido algo raro de se ver.

Com os Scopes temos basicamente todo o conteúdo que interessa num só lugar. No Ubuntu Phone BQ por exemplo, o ecrã principal é composto por o Scope  de hoje que inclui a data com o nascer do sol e informações do sol, tempo, próximos feriados, eventos, chamadas recentes, mensagens, manchetes de várias fontes e muito mais.

Cada um destes items pode ser activado ou desactivado, para que neste Scope seja apenas apresentado o que queremos e precisamos, o que é muito útil. O mesmo vale para os restantes Scopes, por exemplo, o Scope musical inclui fontes como 7digital, Grooveshark, SoundCloud, YouTube e Songkick, mas se só usamos o YouTube, podemos desactivar os restantes.

Ou podemos até desactivar completamente o Scope musical se for algo que não consideremos útil.  Apesar de toda a ideia base dos Scopes ser muito interessante e cheia de potencial, a implementação ainda não é a ideal, isto porque eles são limitados em termos de funcionalidades e o conteúdo completo não é exibido no próprio Scope, mas sim no navegador web. Por exemplo, podemos ouvir as faixas individuais do SoundCloud, mas não podemos adicionar músicas á Playlist ou algo semelhante, desta forma vídeos do YouTube ou músicas Grooveshark são abertos no navegador. O mesmo é válido para artigos de notícias: podemos ler um excerto, mas para ler o artigo na totalidade é necessário abri-lo no navegador web.

Por padrão o Ubuntu Phone BQ  vem com as seguintes aplicações navegador nativo, música, câmara, galeria, media player e aplicações de calculadora (juntamente com telefone / mensagens / contactos, claro) com mais aplicações disponíveis via loja Ubuntu (que pode ser usada para instalar ambos os Scopes e aplicações): Para serviços como o Facebook, Twitter, Google+ ou Google Maps o Ubuntu Phone usa aplicações web, que, apesar da completa integração com o sistema operativo não são tão agradáveis ​​como as aplicações oficiais para Android ou iOS.

Na loja Ubuntu, estão ainda em falta algumas aplicações como por exemplo o Whatsapp (mas existe o Telegram, uma boa alternativa para Whatsapp, está disponível), Skype, Instagram (há um Scope Instagram que exibe o feed Instagram) . Mas como falámos inicailmente o Ubuntu Phone BQ não é orientado para as massas, mas para os early adopters / entusiastas iniciais do Ubuntu.

Falámos inicialmente das “Magic Borders” e também mencionámos o facto de os botões capacitivos presentes no equipamento não servirem para nada, isto acontece porque o OS Ubuntu para Smartphone usa as quatro margens do ecrã para navegação, trocar de app, definições e indicadores, sendo esta ainda uma outra característica que parece natural e, mais importante, muito útil.

No Aquaris E4.5 Ubuntu Edition podemos facilmente iniciar as  aplicações favoritas com um deslizar á esquerda. Com um deslizar para a direita vemos uma pré-visualização de todas as aplicações em execução, podemos mudar de app ou simplesmente fechá-la.

A margem inferior contém as definições, um deslizar para cima permite a configuração de quais os Scopes devem ser exibidos, nos Contatos um deslizar para cima permite adicionar um novo contacto. À semelhança do OS Android um deslizar para baixo irá abrir uma lista de definições rápidas.

Conclusões Ubuntu Phone BQ

Haveria muito mais a dizer sobre este primeiro telefone Ubuntu mas não vamos estender este artigo com todos os detalhes. No geral o Aquaris E4.5 Ubuntu Edition é um telefone agradável com um OS muito interessante e inovador que realmente esperamos que tenha sucesso. O potencial está lá e apesar de ser arriscado num mercado dominado por gigantes como Apple e Google , a Canonical está  fazer tudo bem , e isto pode ser o início de algo grande.

Nós vamos ficar atentos à evolução deste OS móvel, sugerimos que vocês também.

Partilha com os teus amigos!

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilha com os teus amigos!

Obrigado pela visita!
close-link