Android Geek
O maior site de Android em Português

Análise Aquaris E4.5 Ubuntu Edition

Análise Aquaris E4.5 Ubuntu Edition

Após anos de desenvolvimento , o primeiro telefone Ubuntu chegou finalmente à Europa e apesar do hardware ser considerado de gama média, o sistema operativo pode ser considerado uma lufada de ar fresco , traz inovações como os Scopes  e "magic borders" , concebidas não apenas para ser diferente , mas em muitos aspectos , para superar as tendências actuais.

Para quem está a pensar adquiri um telefone com este sistema operativo é importante que mantenham a noção que o Ubuntu móvel ainda é um bebé comparado com os outros sistemas operativos conhecidos para Smartphones, e por isso é expectável que se encontrem algumas limitações, por exemplo: WhatsApp ou Skype não se encontram a funcionar neste sistema operativo.

Aquaris E4.5 Ubuntu Edition é o primeiro telefone Ubuntu e foi feito em parceria com a BQ , uma produtora espanhola de smartphones , tablets, leitores eletrônicos , e impressoras 3D, que nós já conhecemos muito bem de outros produtos de excelente qualidade.

Aquaris E4.5 Ubuntu Edition especificações:

  • Ecrã: 4.5”, 540x960 resolução
  • Dimensõess: 137 x 67 x 9 mm / 123 g de peso
  • CPU: Quad Core Cortex A7 até 1.3 GHz MediaTek
  • GPU: Mali 400 up to 500 MHz
  • Camera: 8 Mpx rear interpolada (Dual-flash and autofocus), 5 Mpx front
  • Internal memory: 8 GB
  • RAM: 1 GB
  • Battery: LiPo 2150 mAh
  • Dual micro-SIM
  • MicroSD slot, up to 32 GB
  • Wi-Fi 802.11 b/g/n
  • Bluetooth® 4.0
  • 2G GSM (850/900/1800/1900)
  • 3G HSPA+ (900/2100)
  • GPS and A-GPS
  • LED notification, Dolby® sound technology, FM radio, microphone, noise canceller

Como devem ter reparado em termos de hardware o telefone não vem com nada de especial: desde a sua construção em plástico até ao ecrã mediano de(4,5 '' resolução 540x960) passando pelo CPU (1,3 GHz Quad Core MediaTek Cortex A7), memória interna (8 GB) e bateria ( 2150 mAh), tudo é basicamente normal no entanto, a 169,90 €, é sem dúvida um bom negócio.

Para quem está interessado em experimentar e ser dos primeiros a usar o tão famoso e bem sucedido Ubuntu no smartphone o hardware de gama média não é suficiente para nos fazer desistir da opção.

Um dos aspectos que podem ser considerados mais critícos no hardware é a câmara: as imagens são aceitáveis, mas poderiam ser melhores e, além disso, as fotos tiradas com o flash são muito brilhantes e basicamente não aproveitáveis, isto pode ser um grande inconveniente para quem privilegia o smartphone como meio de capturar imagens.

Tendo em conta que o telefone tem 8 Mpx na camera traseira interpolados (-flash duplo e autofoco), ficamos na dúvida se esta questão será devido ao hardware ou software.

O Aquaris E4.5 Ubuntu Edition tem uma moldura de dois centímetros abaixo do display (o Aquaris E4.5 era inicialmente um telefone Android e este tem e usa os botões) o design ter-se mantido na edição Ubuntu pode ser considerado algo  decepcionante pois na verdade temos botões que não podemos utilizar. Mas a Canonical tinha que começar por algum lado e embora não seja perfeito, Aquaris E4.5 é um bom telefone em geral, relativamente fluído, vem com dual sim, as colunas de som são boas e é o tamanho perfeito, para quem gosta de equipamentos mais pequenos.

Nota: A bq já deixou em aberto que seria tecnicamente possível flashar ROMS Android neste equipamento, apesar de não o recomendar , isto significa que os botões fisicos que parecem inúteis quando usamos o OS Ubuntu serão de extrema utilidade se quisermos correr o OS Android.

Scopes Ubuntu Phone BQ

O que torna o Aquaris E4.5 Ubuntu Edition uma edição especial é, claro, o sistema operativo, que pode executar aplicações web HTML5, bem como aplicações nativas QML.

Encontramos aplicações em todos os sistemas operativos móveis, mas a Canonical também implementou os Scopes, um inovador  recurso graças ao qual o conteúdo de várias fontes pode ser exibido num único ecrã, esta inovação é para ser valorizada pois ultimamente vemos o Android e iOS a caminhar quase de mãos dadas e apresentar funcionalidades realmente novas tem sido algo raro de se ver.

Com os Scopes temos basicamente todo o conteúdo que interessa num só lugar. No Ubuntu Phone BQ por exemplo, o ecrã principal é composto por o Scope  de hoje que inclui a data com o nascer do sol e informações do sol, tempo, próximos feriados, eventos, chamadas recentes, mensagens, manchetes de várias fontes e muito mais.

Cada um destes items pode ser activado ou desactivado, para que neste Scope seja apenas apresentado o que queremos e precisamos, o que é muito útil. O mesmo vale para os restantes Scopes, por exemplo, o Scope musical inclui fontes como 7digital, Grooveshark, SoundCloud, YouTube e Songkick, mas se só usamos o YouTube, podemos desactivar os restantes.

Ou podemos até desactivar completamente o Scope musical se for algo que não consideremos útil.  Apesar de toda a ideia base dos Scopes ser muito interessante e cheia de potencial, a implementação ainda não é a ideal, isto porque eles são limitados em termos de funcionalidades e o conteúdo completo não é exibido no próprio Scope, mas sim no navegador web. Por exemplo, podemos ouvir as faixas individuais do SoundCloud, mas não podemos adicionar músicas á Playlist ou algo semelhante, desta forma vídeos do YouTube ou músicas Grooveshark são abertos no navegador. O mesmo é válido para artigos de notícias: podemos ler um excerto, mas para ler o artigo na totalidade é necessário abri-lo no navegador web.

Por padrão o Ubuntu Phone BQ  vem com as seguintes aplicações navegador nativo, música, câmara, galeria, media player e aplicações de calculadora (juntamente com telefone / mensagens / contactos, claro) com mais aplicações disponíveis via loja Ubuntu (que pode ser usada para instalar ambos os Scopes e aplicações): Para serviços como o Facebook, Twitter, Google+ ou Google Maps o Ubuntu Phone usa aplicações web, que, apesar da completa integração com o sistema operativo não são tão agradáveis ​​como as aplicações oficiais para Android ou iOS.

Na loja Ubuntu, estão ainda em falta algumas aplicações como por exemplo o Whatsapp (mas existe o Telegram, uma boa alternativa para Whatsapp, está disponível), Skype, Instagram (há um Scope Instagram que exibe o feed Instagram) . Mas como falámos inicailmente o Ubuntu Phone BQ não é orientado para as massas, mas para os early adopters / entusiastas iniciais do Ubuntu.

Falámos inicialmente das "Magic Borders" e também mencionámos o facto de os botões capacitivos presentes no equipamento não servirem para nada, isto acontece porque o OS Ubuntu para Smartphone usa as quatro margens do ecrã para navegação, trocar de app, definições e indicadores, sendo esta ainda uma outra característica que parece natural e, mais importante, muito útil.

No Aquaris E4.5 Ubuntu Edition podemos facilmente iniciar as  aplicações favoritas com um deslizar á esquerda. Com um deslizar para a direita vemos uma pré-visualização de todas as aplicações em execução, podemos mudar de app ou simplesmente fechá-la.

A margem inferior contém as definições, um deslizar para cima permite a configuração de quais os Scopes devem ser exibidos, nos Contatos um deslizar para cima permite adicionar um novo contacto. À semelhança do OS Android um deslizar para baixo irá abrir uma lista de definições rápidas.

Conclusões Ubuntu Phone BQ

Haveria muito mais a dizer sobre este primeiro telefone Ubuntu mas não vamos estender este artigo com todos os detalhes. No geral o Aquaris E4.5 Ubuntu Edition é um telefone agradável com um OS muito interessante e inovador que realmente esperamos que tenha sucesso. O potencial está lá e apesar de ser arriscado num mercado dominado por gigantes como Apple e Google , a Canonical está  fazer tudo bem , e isto pode ser o início de algo grande.

Nós vamos ficar atentos à evolução deste OS móvel, sugerimos que vocês também.

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais