Android Geek
O maior site de Android em Português

A dobradiça do Motorola Razr dura apenas 27.000 dobras em teste de durabilidade

Como em todas os equipamentos dobráveis, a durabilidade é uma incógnita, como nos primeiros Galaxy Fold, o Motorola Razr não é isento de falhas. A CNET testou o Motorola Razr numa máquina FoldBot, fabricada pela SquareTrade, com a intenção de mostrar ao vivo o Razr a ser dobrado 100.

O Motorola Razr está a começar a ser visto nas prateleiras e nas mãos dos ansiosos compradores e é agora que uma pergunta começa a formar-se na cabeça do público- a dobradiça é durável?

Como em todas os equipamentos dobráveis, a durabilidade é uma incógnita, como nos primeiros Galaxy Fold, o Motorola Razr não é isento de falhas.

A CNET testou o Motorola Razr numa máquina FoldBot, fabricada pela SquareTrade, com a intenção de mostrar ao vivo o Razr a ser dobrado 100.000 vezes. Só chegou a 27.000.

Se acreditarmos na estimativa de um estudo que os utilizadores americanos verificam o telefone 52 vezes por dia, o Motorola Razr pode começar a mostrar problemas nas dobradiças passado um ano e meio.

No teste da CNET, a dobradiça do Motorola Razr ficou difícil de fechar, mas é importante salientar que o ecrã continua a funcionar e é possível forçar o fecho do ecrã.

Se bem se recordam a CNET fez exatamente o mesmo teste com o Galaxy Fold no ano passado. O Galaxy Fold dDurou 120.000 dobragens antes de partir. Embora não seja um ótimo resultado, promete uma longevidade muito maior.

É claro que esse teste não é exatamente representativo do uso na vida real; portanto, apenas o tempo dirá como o Motorola Razr se sai.

Fonte

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais