Android Geek
O maior site de Android em Português

Tiroteio no YouTube pode já ter feito vítimas (Atualizado)

Update: 03/04/2018 23:22 A polícia confirma que o atirador/a do YouTube está morto/a. Quatro vítimas feridas foram levadas para hospitais locais, mas nenhuma morte foi registada para além do responsável pelo tiroteio. O atirador parece ter cometido suicidio.

Artigo original

Foram ouvidos tiros juntos à sede do YouTube na localidade de San Bruno, Califórnia, segundo informações que estão a ser avançadas pela BBC. Há ambulâncias no local e a Google, empresa que detém o Youtube, já disse estar a investigar "um possível incidente envolvendo tiros". O Departamento da Polícia de San Bruno confirmou ainda à CNN que há atividade policial na área e que várias chamadas para o número de emergência foram feitas a partir da sede do Youtube.

Vadim Lavrusik, funcionário do YouTube, tweetou às 16h57 desta terça-feira (03) que um homem armado estava dentro da sede do YouTube, na Califórnia, Estados Unidos. De acordo com o The Verge, a polícia local recebeu chamadas de um possível tiroteio no local.

"Um atirador está na sede do YouTube. Ouvi tiros e vi pessoas a correr aqui da minha mesa. Agora estou barricado dentro de uma sala com colegas", escreveu Lavrusik. Vale notar que Lavrusik tweetou logo em seguida comentando que estava seguro e fora do escritório.

Todd Sherman, gestor de produto no YouTube, comentou no Twitter que viu sangue no chão do escritório e nas escadas enquanto saía da empresa. Sherman comentou que o atirador pode ter cometido suicídio.

A polícia de San Bruno, cidade na Califórnia onde se encontra a sede do YouTube, também tweetou sobre o caso

22:01 - O canal de televisão SIC indica que o atirador será uma mulher e que a operação policial está em curso neste momento. Trabalham no edifício 1700 pessoas.

22:02 - Hospital Central da localidade confirma ter recebido vítimas provenientes deste incidente.

Em atualização

Gostaram? Podia ter sido melhor?
Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
Através de Expresso Jornal de Negócios

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Gostaram? Podia ter sido melhor?
Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
close-link