Variante Global do Vivo X60 poderá descartar Exynos 1080 e trazer Qualcomm Snapdragon 870

Antes do lançamento do Vivo X60, a listagem da Google Play Console indica que os equipamentos poderiam ter um ‎‎chipset Qualcomm Snapdragon‎‎ em vez dos ‎‎Exynos‎ ‎da Samsung.‎

‎Ontem, as versões Global do Vivo X60, X60 Pro ‎‎foram detetadas em vários‎‎ sites de certificação. Espera-se que sejam lançados na Europa, Índia e mercados asiáticos como a Indonésia. Antes do seu lançamento, a listagem da Google Play Console indica que os equipamentos poderiam ter um ‎‎chipset Qualcomm Snapdragon‎‎ em vez dos ‎‎Exynos ‎da Samsung.‎

Variante Global do Vivo X60 poderá descartar Exynos 1080 e trazer Qualcomm Snapdragon 870 1

‎De acordo com a listagem do Google Play Console detetada pelo MySmartPrice, dois equipamentos ‎‎Vivo‎ com os números de modelo V2045 e V2046 foram vistos na mesma. Já sabemos que estes ‎‎pertencem‎‎ ao ‎Vivo X60‎, ‎‎Vivo X60 Pro,‎‎ respectivamente. A gigante chinesa já os tinha ‎‎lançado‎‎ no seu país natal no final do mês passado.‎

‎Na China, ambos apresentaram o chipset Samsung Exynos 1080. No entanto, a listagem do Google Play Console sugere que os equipamentos poderão trazer o chipset ‎‎Snapdragon 870 ‎(Qualcomm SM8250ac), para as suas variantes Global. Além disso, a sub-marca da Vivo já está a preparar um equipamento chamado de iQOO Neo5 com ‎‎o mesmo chipset‎‎ para a China.‎

‎Seja como for, a listagem mostra que estes smartphones irão contar com um ecrã com resolução de pixels 2376×1080pixels, 12GB de RAM e ‎‎Android 11‎. Considerando o ‎‎plano recente da Vivo,‎ ‎estes equipamentos devem receber a versão de utilizador Funtouch OS e não a OriginOS.‎

Relacionado:  Qualcomm a preparar Snapdragon SM6375 e SM6225 com taxa de atualização de até 144 Hz

Renderização oficial do Vivo X60

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!