União Europeia reabre investigação sobre a aquisição de Figma pela Adobe

A União Europeia retomou a sua investigação sobre a aquisição de 20 mil milhões de dólares da Figma pela Adobe, preocupada com a possibilidade de eliminar um concorrente importante e restringir a concorrência global. A Comissão Europeia tem até 5 de fevereiro de 2024 para decidir os próximos passos.

União Europeia retoma investigação sobre aquisição da Figma pela Adobe

A União Europeia (UE) retomou a sua investigação sobre a aquisição da plataforma de design baseada em nuvem Figma pela Adobe, no valor de $20 mil milhões de dólares. Após pausar a investigação em setembro para aguardar informações solicitadas às empresas, os reguladores antitrust da UE estão preocupados que o negócio possa eliminar um concorrente importante para a Adobe e restringir a concorrência nos mercados globais de ferramentas de design de produtos interativos. A Comissão Europeia (CE) terá até 5 de fevereiro de 2024 para decidir os próximos passos.

União Europeia reabre investigação sobre a aquisição de Figma pela Adobe 1

Antecedentes

A Adobe é uma empresa de software que oferece produtos de software multimedia e criativos. A Figma é uma ferramenta de design e prototipagem baseada em nuvem que permite a colaboração de vários designers em tempo real. A aquisição da Figma pela Adobe foi anunciada em junho de 2022 e era esperada para ser concluída até o final de 2022. No entanto, o negócio tem enfrentado escrutínio regulatório na UE, EUA e Reino Unido.

A CE encerrou a sua investigação sobre o negócio no mês passado e está a aguardar mais informações da Adobe e da Figma. O regulador recebeu uma resposta e vai analisar se o negócio “irá enfraquecer a concorrência no mercado de software de design interativo” nos próximos três meses. A Adobe provavelmente terá que fornecer soluções em resposta aos desafios de monopólio antes que os reguladores possam aprovar o negócio.

Preocupações da UE

A principal preocupação da UE é o impacto potencial do negócio no fornecimento de ferramentas de design de produtos interativos e ferramentas de criação de ativos digitais. A Comissão também está a investigar se a inclusão da Figma no pacote Creative Cloud da Adobe pode prejudicar os fornecedores concorrentes de software. A Comissão Europeia iniciou a avaliação do negócio em fevereiro de 2023, após solicitações de pelo menos dezesseis países membros. Com base nas informações fornecidas por esses países, a Comissão concluiu que o negócio ameaçava “afetar significativamente a concorrência no mercado de software de design de produtos interativos e de quadros brancos”.

Vai gostar de saber:  WhatsApp acaba com o suporte para KaiOS: Detalhes Importantes e Implicações

União Europeia reabre investigação sobre a aquisição de Figma pela Adobe 2

Resposta da Adobe

A Adobe insiste que deseja que a Figma continue a funcionar de forma autónoma e não tem planos significativos de competir no espaço de design de produtos. Em um comunicado em seu blog, a Figma afirmou que a colaboração aceleraria seu crescimento, permitindo acesso à expertise e recursos da Adobe. A empresa também enfatizou que a Adobe deseja que a Figma continue a funcionar de forma autónoma. A Adobe anteriormente afirmou que o negócio representa uma “enorme oportunidade de mercado em rápido crescimento”.

Conclusão

Os reguladores antitruste da UE retomaram a investigação sobre a aquisição de $20 mil milhões da Figma pela Adobe. Eles estão preocupados que o negócio possa eliminar um concorrente importante para a Adobe e restringir a concorrência nos mercados globais. A CE terá até 5 de fevereiro de 2024 para decidir os próximos passos, que podem incluir exigir soluções para aprovar o negócio, bloquear a fusão completamente ou dar aprovação. A Adobe insiste que deseja que a Figma continue a funcionar de forma autónoma e não planeia competir significativamente no espaço de design de produtos.

Para mais notícias sobre tecnologia, siga o AndroidGeek.

Fonte

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!