Posso fazer um resumo do vídeo, que inclui uma demonstração pública do dispositivo numa loja da Target, mas não acho que lhe consiga fazer justiça a ele. Se estiverem preparados psicologicamente para ouvir uns palavrões, devem apenas ver isto, porque é incrível.

Do ponto de vista técnico, não é uma modificação muito complicada.

Reeves abriu o seu Roomba (algo que não recomendamos em nenhuma circunstância!)  e equipou o espaço livre com um hardware barato como um Raspberry Pi, um receptor de rádio, uma coluna Bluetooth e um conjunto de novos sensores. Quando o Roomba esbarra em alguma coisa (ou é remotamente dirigido para) algo, o Raspberry Pi começa a dizer palavrões como um se tivesse sindrome de Tourette através de uma coluna Bluetooth.

Quem não gostaria de ter um destes em casa?