Twitter está a trabalhar numa versão paga, mas ainda não está definido

Embora seja uma rede que não possui o mesmo volume de utilizadores que outras redes, ter um grande número de pessoas com grande reputação faz com que continue a ser uma das redes de referência no que diz respeito a manter-nos informados.

Entre as redes sociais com maior presença em todo o mundo, o Twitter continua a ser uma das mais importantes. Embora seja uma rede que não possui o mesmo volume de utilizadores que outras redes, ter um grande número de pessoas com grande reputação faz com que continue a ser uma das redes de referência no que diz respeito a manter-nos informados.

Hoje, a maior parte da receita da empresa vem da publicidade, aqueles anúncios na forma de tweets promovidos que aparecem enquanto percorremos o nosso TimeLine. De acordo com a Bloomberg, a empresa está a planear incorporar funções de pagamento na plataforma.

Twitter está a trabalhar numa versão paga, mas ainda não está definido 1

O Twitter considera uma versão paga, embora nada esteja definido

Embora o crescimento do Twitter seja favorável, a receita de publicidade não está a aumentar ao ritmo dos seus rivais diretos. Para uma empresa, é arriscado que a sua maior fonte de lucro não evolua a uma taxa favorável e, portanto, estão à procura de fontes alternativas de receita.

O que o Twitter pode oferecer além de anúncios? Bem, como muitas outras aplicações, um modelo de assinatura mensal em que os utilizadores pagam para aceder a recursos exclusivos. num mundo onde parece haver uma assinatura para tudo, pode parecer uma tarefa fácil, mas pode não ser bem assim.

Relacionado:  Conheçam os recursos do Twitter Blue. A versão paga do Twitter

Além de remover anúncios, falta um recurso realmente apelativo para que os utilizadores optem por pagar por um serviço que usam gratuitamente. A equipa do Twitter está neste momento a trabalhar em ideias que possam agragar valor á plataforma.

Entre as opções possíveis, o Tweetdeck poderia receber ferramentas exclusivas para os assinantes, embora também seja verdade que os utilizadores possam pagar a terceiros em troca de conteúdo exclusivo, oferecer ferramentas analíticas avançadas ou mais opções de personalização seria sempre algo interessante.

O Twitter tem sido sempre muito cauteloso com os seus  planos de monetização, porque num produto tão consolidado como o Twitter, um passo em falso pode ser fatal.

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!