Trump e governo chinês podem chegar a acordo sobre a ZTE

A ZTE foi acusada de quebrar as sanções dos Estados Unidos ao Irão em 2016, ao vender tecnologia dos EUA ao Irão por meio de várias empresas-fantasma. O Departamento de Comércio dos EUA ameaçou cortar a ZTE de todos os seus parceiros na cadeia de fornecimento nos Estados Unidos, que a ZTE evitou ao pagar quase um mil milhões de dólares em multas.

Trump e governo chinês podem chegar a acordo sobre a ZTE 1

A proibição entrou em vigor no mês passado, depois ter sido descoberto que a ZTE não havia cumprido o acordo ao não punir os funcionários envolvidos na operação. Esta trapalhada prejudicou fortemente a empresa, que fechou a maioria das operações enquanto negociava com o Departamento de Comércio.

O presidente Trump twittou esta manhã que está a trabalhar com a China para remover a proibição imposta á ZTE..

A medida surpreendeu muitos, não apenas porque é a primeira vez que o presidente faz uma declaração pública sobre a ZTE, mas também porque o Departamento de Comércio e Departamento do Tesouro são fortemente contra a suspensão da proibição. Nenhum outro detalhe está disponível no momento.

 

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!