Android Geek
O maior site de Android em Português

Telegram apresenta o Passport, uma maneira de armazenar informações pessoais on-line

O Telegram introduziu um novo recurso na sua aplicação para dispositivos móveis. Chamado de Passport, é uma maneira de armazenar as suas informações pessoais na aplicação, e compartilhá-las facilmente quando outra aplicação ou site exigir essa informação.

Para um serviço solicitar informações, ele terá que integrar o Telegram Passport na sua aplicação ou site. O utilizador verá uma opção para Login com o Telegram. Assim como o login do Facebook, Twitter ou Google, o utilizador poderá aceder ao serviço e usar as suas credenciais do Telegram.

O utilizador pode inserir o seu e-mail, número de telefone, endereço e documento de identidade, tal como um passaporte, carta de condução, bilhete de identidade ou apenas inserir manualmente todas as suas credenciais. A aplicação irá preencher automaticamente todas as informações para um site, sempre que for solicitado.

Agora devem estar a tocar alarmes na vossa cabeça, como é normal. Em primeiro lugar, o Telegram Passport é protegido por password e o utilizador precisa inseri-lo sempre que um serviço precisar de fazer login, ou até mesmo abrir o Passport na aplicação.

De seguida, o Telegram afirma que as informações contidas no Passport estão criptografadas de ponta a ponta, ou seja, entre o utilizador e o serviço ao qual o utilizador fornece as informações, ninguém mais, nem mesmo o Telegram pode ler as informações armazenadas no Passport. As informações estão actualmente armazenadas no servidor cloud do Telegram em formato criptografado, mas a empresa promete movê-lo para uma cloud descentralizada no futuro. Uma cloud descentralizada espalha as informações em vários computadores (a maneira como o blockchain funciona) para que ninguém tenha todas as informações de uma vez, tornando-as ainda mais seguras.

Telegram apresenta o Passport, uma maneira de armazenar informações pessoais on-line 1

A partir de agora, ePayments.com é o único site a usar o recurso de login do Telegram, mas supomos que mais deverão aparecer no futuro.

Curiosamente, a opção Passport não apareceu directamente, mesmo após a actualização para a nova versão do aplicação. Segundo a fonte da notícia que teve de ir a uma página de teste do Telegram, que permite ver como o recurso funciona para activá-lo. Lá os utilizadores precisam primeiro definir uma password e, em seguida, inserir um e-mail de recuperação. Somente depois de enviar um link para o seu e-mail para activar a vossa conta, ele começa a funcionar e o utilizador pode inserir informações no mesmo. Os utilizadores também podem excluir a seu conta Passport a qualquer momento, e todas as informações contidas nela são excluídas.

Fonte

Via

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
close-link