Tablets em queda livre: entenda a crise do mercado global em Q3 2023

O mercado de tablets enfrenta uma queda de 14,2% no terceiro trimestre de 2023, com apenas 33,2 milhões de unidades enviadas em todo o mundo. Apesar disso, a Apple continua líder, mesmo com uma diminuição de 15,1% nas vendas. Outras marcas como Samsung, Lenovo, HUAWEI e Amazon também tiveram desempenho no mercado. Os Chromebooks também enfrentam dificuldades, mas há esperança de recuperação no setor educacional e em alocações governamentais. Ainda assim, os tablets lutam para encontrar seu lugar entre PCs e smartphones. O mercado de tablets tem um futuro incerto e a recuperação pode levar algum tempo.

Mercado global de tablets sofre queda de 14,2% no terceiro trimestre de 2023

O mercado de tablets enfrentou mais um trimestre difícil no terceiro trimestre de 2023, com uma queda expressiva de 14,2% em relação ao ano anterior, com apenas 33,2 milhões de unidades enviadas em todo o mundo. Essa queda segue uma diminuição maciça de 29,9% em relação ao segundo trimestre de 2023. Apesar da procura permanecer desafiadora, o mercado experimentou um aumento de 18% em relação ao trimestre anterior devido a fatores sazonais.

Mercado global de tablets sofre queda de 14,2% no terceiro trimestre de 2023

Tablets em queda livre: entenda a crise do mercado global em Q3 2023 1

Apple mantém sua posição apesar dos desafios

Apesar destes tempos desafiadores, a Apple continua a liderar o mercado de tablets, enviando 12,5 milhões de unidades. Embora isso represente uma queda de 15,1% em relação ao ano anterior. Curiosamente, a Apple não lançou nenhum novo modelo durante o terceiro trimestre, o que geralmente impulsiona as vendas. No entanto, a gigante da tecnologia manteve sua participação de mercado.

Principais líderes de mercado e seu desempenho

Em segundo lugar está a Samsung, com 6 milhões de unidades enviadas, mostrando resiliência diante da adversidade do mercado. A Lenovo e a HUAWEI ocuparam a terceira e quarta posições, enviando respectivamente 2,6 milhões e 2,3 milhões de unidades. Enquanto isso, a Amazon fez um retorno surpreendente ao top 5, aproveitando a temporada de férias e lançando um novo dispositivo premium de preço acessível, o Fire Max 11.

Chromebooks enfrentam queda

Tablets em queda livre: entenda a crise do mercado global em Q3 2023 2

Por outro lado, os envios de Chromebooks também sofreram uma queda de 20,8% no terceiro trimestre de 2023. No entanto, há esperança de que o mercado de Chromebooks possa recuperar graças a uma atualização iminente no setor educacional e às alocações remanescentes do orçamento do governo.

Desafios contínuos para os tablets

Os tablets sempre tiveram dificuldade em encontrar seu nicho entre PCs e smartphones, o que continua impactando negativamente o mercado, segundo Jitesh Ubrani, gerente de pesquisa dos Rastreadores de Dispositivos de Mobilidade e Consumo da IDC. Para prosperar, os fabricantes de tablets estão a perceber que eles funcionam melhor quando complementam PCs e smartphones. Isto pode significar experiências de software e serviços mais integrados no futuro, embora possa levar tempo para se concretizar.

Vai gostar de saber:  Samsung prepara Galaxy Z Fold 6 Ultra com novidades controversas

Perspectivas sombrias para o mercado de tablets

Anuroopa Nataraj, analista sénior de pesquisa da IDC, desenha um quadro sombrio: “Os primeiros três trimestres de 2023 registraram contrações significativas no mercado de tablets, e a temporada de férias que se aproxima não deve trazer mudanças significativas. Com as condições macroeconómicas mostrando pouca melhora, espera-se que atrasos em projetos e compras se estendam até 2024. Embora uma possível atualização no setor educacional e o aumento do uso em diferentes indústrias possam fornecer alguma estabilidade de longo prazo para o mercado de tablets, o futuro próximo não promete um aumento substancial nas vendas de tablets.” O caminho para a recuperação do mercado de tablets parece longo e incerto.

Conclusão

Apesar das dificuldades enfrentadas pelo mercado de tablets, a Apple conseguiu manter a sua posição de liderança, mesmo sem lançar novos modelos no terceiro trimestre de 2023. Enquanto isso, a Samsung mostrou resiliência e a Amazon fez um retorno surpreendente. No entanto, os tablets continuam a lutar para encontrar o seu lugar entre PCs e smartphones, o que afeta negativamente o mercado. Embora haja esperança de recuperação no setor educacional e com o uso em diferentes indústrias, as perspectivas para o mercado de tablets no futuro próximo não são promissoras.

Para obter mais notícias sobre tecnologia, recomendamos que os leitores sigam o AndroidGeek, onde podem encontrar informações atualizadas sobre o mercado de tablets e outros desenvolvimentos tecnológicos.

Fonte

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!