Sony compra a "Netflix do anime" com conteúdo, música e jogos próprios

Através de um comunicado, a Sony Pictures anunciou a compra da Crunchyroll da AT&T por 1.175 milhões de dólares.

A Sony tem boas notícias para os fãs de anime. Através de um comunicado, a Sony Pictures anunciou a compra da Crunchyroll da AT&T por 1.175 milhões de dólares. Através da subsidiária Funimotion, a empresa japonesa adquire uma plataforma que conta com 90 milhões de utilizadores espalhados por 200 países e um dos negócios mais relevantes dentro do negócio de anime.

Sony compra a "Netflix do anime" com conteúdo, música e jogos próprios 1

A aposta da Sony no anime não é nova. Em 2017, a empresa adquiriu a Funimation e, assim, adquiriu a licença para séries populares como 'Dragon Ball', 'Fullmetal Alchemist' ou 'One Piece'. Agora, com a compra da Crunchyroll,  terão um serviço de streaming onde poderão oferecer o extenso catálogo.

Uma plataforma de streaming com 90 milhões de utilizadores registados

A CEO da Crunchyroll, Joanne Waage, explica que têm "uma base de fãs apaixonados com mais de 3 milhões de assinantes, 50 milhões de seguidores na Redes Sociais e 90 milhões de utilizadores registados".

Além da plataforma, a Crunchyroll tem o seu próprio selo de criação: Originals. Nessa guerra de streaming, o anime foi um dos elementos que a Netflix usou para tentar se diferenciar. Com esta compra, a Sony tem mais material para competir nesta secção.

Relacionado:  Redmi AirDots 3 Pro oficializados com cancelamento adaptativo de ruído

Crunchyroll interfaz

 

As ofertas da Crunchyroll incluem conteúdo, jogos para smartphone, manga, merchandising e distribuição. Tony Vinciquerra, CEO da Sony Pictures Entertainment, explica que "Por meio da Funimation, temos um conhecimento profundo dessa forma de arte global e estamos bem posicionados para fornecer conteúdo excepcional para público em todo o mundo. Em conjunto com a Crunchyroll, criaremos a melhor experiência. possível para os fãs e maiores oportunidades para criadores, produtores e editores no Japão e em outros locais. "

 

O site nasceu em 2006 como um serviço de hospedagem de conteúdo, fansubs e versões oficiais de anime para as quais não existiam direitos registados. Em 2008, a plataforma mudou a estratégia, com a entrada de capital e investimentos como a Bandai Entertainment. Em 2013, a Crunchyroll chegou à Europa e ao longo dos anos evoluiu para tornar-se um serviço de streaming, com utilizadores gratuitos e pagos.

Mais informações | Sony Pictures

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!