Snapdragon 7 Gen3: A nova estratégia para conquistar o mercado de gama média

Qualcomm lançará o Snapdragon 7 Gen3 para abordar preocupações com custos. O novo chipset oferece desempenho notável a um preço mais acessível para o mercado de médio alcance.

Snapdragon 7 Gen3: Uma opção mais acessível e eficiente para smartphones de gama média

A Qualcomm está prestes a lançar o chipset Snapdragon 7 Gen3, numa tentativa de abordar as preocupações de custo associadas ao Snapdragon 7+ Gen2. O Snapdragon 7+ Gen2, apesar de oferecer um desempenho notável na categoria de gama média, teve uma adoção limitada devido ao seu alto custo.

Snapdragon 7 Gen3: A nova estratégia para conquistar o mercado de gama média 1

De acordo com as especificações divulgadas, o Snapdragon 7 Gen3 é fabricado no processo de 4nm da TSMC e apresenta uma arquitetura 1+3+4 semelhante à do seu antecessor. A configuração da CPU inclui um núcleo grande de 2.63GHz, três núcleos de 2.4GHz e quatro núcleos de 1.8GHz. O núcleo grande é identificado como Arm Cortex-A715, acompanhado pela GPU integrada Adreno 720.

Em comparação, o Snapdragon 7+ Gen2 possui uma configuração de CPU mais robusta, com um núcleo grande Cortex-X2 de 2.91GHz, três núcleos de 2.49GHz e quatro núcleos de 1.8GHz, complementados pela GPU Adreno 725. A diferença de desempenho entre os dois chipsets é evidente, posicionando o Snapdragon 7 Gen3 como uma alternativa mais acessível.

Maior acessibilidade e desempenho satisfatório

A decisão da Qualcomm de lançar o Snapdragon 7 Gen3 reflete uma realinhamento estratégico com o objetivo de equilibrar desempenho e custo no competitivo mercado de chipsets de gama média. Ao reconhecer a adoção limitada do Snapdragon 7+ Gen2 devido aos seus custos de produção mais elevados, a Qualcomm estrategicamente reduziu as especificações do Snapdragon 7 Gen3 para responder a um mercado de gama média mais amplo, garantindo uma maior acessibilidade.

O Snapdragon 7+ Gen2, apesar do seu impressionante desempenho, foi utilizado apenas nos smartphones Redmi Note 12 Turbo e Realme GT Neo5 SE. Com a introdução do Snapdragon 7 Gen3, a Qualcomm pretende trazer de volta a série Snapdragon 7 para uma faixa de preço mais convencional, alinhando-se às expectativas do segmento de gama média em vez de posicionar-se como um concorrente de topo de gama.

O futuro dos smartphones de gama média

À medida que os consumidores aguardam a chegada de dispositivos alimentados por este novo chipset, resta saber como essa mudança irá remodelar o cenário dos smartphones de gama média nos próximos meses. Com um desempenho satisfatório e uma opção mais acessível, o Snapdragon 7 Gen3 pode atrair um número maior de consumidores que procuram um equilíbrio entre preço e desempenho.

Para se manter atualizado com as últimas notícias sobre tecnologia, não deixe de seguir o AndroidGeek.

 

Fonte: weibo

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!