Android Geek
O maior site de Android em Português

Será que a Apple está mesmo interessada na Netflix?

O primeiro beta destina-se a ser usado pelos programadores. Só que ninguém o vai culpar por experimentá-lo agora.

Esta epopeia teve início com o lançamento do iPhone 3G em junho de 2008, o smartphone da Apple gerou enormes vendas que subiriam a cada ano graças ao grande número de utilizadores do iPhone que vão sempre atrás do modelo mais recente. Mas esses dias de glória parecem estar acabados.

Este é um mundo totalmente novo para a Apple, agora que o seu produto número um, o iPhone, está em dificuldades. Esta epopeia teve início com o lançamento do iPhone 3G em junho de 2008, o smartphone da Apple gerou enormes vendas que subiriam a cada ano graças ao grande número de utilizadores do iPhone que vão sempre atrás do modelo mais recente. Mas esses dias de glória parecem estar acabados. O CEO da Apple, Tim Cook, reconheceu que a Apple está a ser afetada pelo actual ciclo de atualização mais longo.

Possivelmente antecipando isso, a Apple tem se concentrado na sua unidade de serviços. Esta é a segunda maior divisão da Apple e a mais lucrativa. A empresa está a tentar elevar as receitas desse setor para US $ 50 biliões até ao próximo ano; no seu último relatório de lucros divulgado na semana passada, a Apple disse que teve um recorde trimestral de US $ 10,9 mil milhões em receita de serviços durante o primeiro trimestre fiscal de outubro a dezembro. Esta unidade inclui o Apple Pay, o iTunes, o AppleCare, o Apple Music, a App Store e muito mais.

0B5CUt-KUpXFUZDRJaEZHYU1OWDQ.jpg

De acordo com a CNBC a gigante do setor bancário de investimentos J.P. Morgan tem uma ideia em mente para a Apple que pode ajudar a expandir a sua receita de serviços. Samik Chatterjee, do J.P. Morgan, disse aos clientes numa nota divulgada hoje que a gigante da tecnologia deve comprar o streamer de vídeo Netflix. Chatterjee diz que seria vantajoso para a Apple comprar o principal player do setor, em vez de comprar um nome menor (mais sobre isso abaixo). Ele também observa que tal aquisição ajudaria a receita de publicidade da Apple. A maior transação já fechada pela Apple foi a compra de US $ 3 biliões da Beats Audio em 2014.
Será que a Apple está mesmo interessada na Netflix? 1
Com um prémio de 20%, o analista do J.P. Morgan vê a Apple ter que desembolsar até US $ 189 mil milhões para comprar a Netflix.
A empresa poderia autofinanciar essa transação, considerando que tem US $ 250 mil milhões em caixa e equivalentes à sua disposição. No entanto, ter algum financiamento dos bancos ou do mercado de dívida pública seria um passo mais prudente.

O Netflix seria mais fácil de adquirir para a Apple do que o Amazon Prime ou o Hulu

Chatterjee diz que o Netflix seria uma ótima opção para a Apple, já que a gigante de tecnologia gosta de ser um agregador de conteúdo. Além disso, como apontamos, isto encaixaria no foco da empresa na receita de serviços. O analista do J.P. Morgan também apontou que o Netflix seria mais fácil de adquirir do que o Amazon Prime, que é parte da Amazon, e o Hulu. Embora tenha havido rumores de que a Apple está a iniciar o seu próprio serviço de streaming de vídeo, J.P. Morgan diz que é muito mais fácil para os players estabelecidos na indústria do que para os novos provedores de conteúdo que se estão a iniciar. Tenham em mente, a Apple comprou a Beats Audio para ajudar a iniciar o Apple Music.

J.P. Morgan também diz que a Apple poderia beneficiar da compra de empresas de jogos como a Activision ou da Blizzard. Outro nome que a empresa sugere é a Sonos. A empresa produz colunas inteligentes e colunas internas. Outros nomes que são sempre mencionados quando a conversa se centra em potenciais alvos de aquisição da Apple incluem a Tesla e a Disney.

Chatterjee admite ainda que uma aquisição da Netflix pela Apple não é provável que aconteça. O analista diz que "é improvável que a Netflix seja uma vendida por um valor modesto". O que significa que se a Apple levar a sério a compra da Netflix, pode ter que pagar US $ 200 mil milhões ou mais.

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais