Segundo as pesquisas Google os Portugueses vão continuar a comprar apesar da inflação

A época de compras de 2022 contará também com um Campeonato do Mundo de Futebol e alguma incerteza associada à inflação. De acordo com o Google Consumer Survey Portugal, sete em cada dez portugueses só fazem compras online ou fazem compras tanto online como em lojas físicas durante a época de compras que começa com o Dia das Compras pela Internet, a 21 de Outubro, e dura até ao final do ano.

O inquérito, realizado em Junho, descobriu que sete em cada dez portugueses só fazem compras online ou tanto online como em lojas físicas durante a época das compras que começa com o Dia de Compras na Internet, a 21 de Outubro, e dura até ao final do ano. Esta é uma das conclusões do Google Consumer Survey Portugal. A época de compras de 2022 contará também com um Campeonato do Mundo de Futebol e alguma incerteza associada à inflação.

Segundo as pesquisas Google os Portugueses vão continuar a comprar apesar da inflação 1

De acordo com o Google Consumer Survey Portugal, sete em cada dez portugueses só fazem compras online ou fazem compras tanto online como em lojas físicas durante a época de compras que começa com o Dia das Compras pela Internet, a 21 de Outubro, e dura até ao final do ano. Esta é uma das conclusões de um inquérito realizado em Junho do corrente ano. A época de compras de 2022 é também caracterizada pela realização de um Campeonato do Mundo de Futebol e por alguma incerteza associada à inflação.

O Google Consumer Survey Portugal também mostra que o peso do digital como fonte de inspiração continua a aumentar, com 59% dos utilizadores portugueses a revelarem que procuram informação dos canais digitais no processo de compra. E outra tendência a considerar é que se encontra entre os portugueses uma menor fidelidade às marcas, uma vez que as pesquisas genéricas em Portugal crescem mais rapidamente do que as pesquisas de marca.

Os resultados destes estudo sugerem que as vendas a retalho online em Portugal estão a crescer constantemente e prevê-se que atinjam 8% de todas as vendas a retalho até ao final do ano. Este crescimento está em linha com os dados do International Passport e do Eurostat, através do eCommerce Europe, que já mostrou um crescimento consistente e consolidado nos compradores portugueses em linha – em 2022, prevê-se que estes representarão 67% de todos os compradores, em comparação com 62% no ano passado e 51% há 10 anos. No entanto, este valor continua a ser inferior ao de outros países da Europa – estima-se que a Espanha tenha 12% de vendas a retalho online até ao final do ano, e o Reino Unido lidera o pacote com uma previsão de 30%.

 

Fonte 1 | Fonte 2

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!