Android Geek
O maior site de Android em Português

Samsung vai "matar" o Galaxy Note7 remotamente

Na semana passada, a Samsung decidiu dar mais tempo ao Galaxy Note7 na Coréia do Sul e decidiu não matar completamente as restantes 140.000 unidades que ainda estão "à solta". No entanto num desenvolvimento recente a gigante da tecnologia parece ter perdido a paciência com os consumidores que ainda não devolveram as suas unidades e vai mesmo "matar" remotamente todos os Note7 que ainda se encontrem em funcionamento.

Samsung vai "matar" o Galaxy Note7 remotamente 1

A OTA provavelmente atingirá as unidades da SK Telecom em primeiro lugar, seguidas de outras operadoras, como a KT e a LG Uplus, que deverão ser as próximas na fila. Para acomodar as novas medidas até certo ponto, a Samsung também estendeu seu programa de troca ou devolução do dinheiro até ao final de janeiro.

No entanto, os utilizadores que participarem após 31 de dezembro serão considerados tardios e não receberão os benefícios adicionais de troca. Estas medidas finais não são tão surpreendentes. A Samsung não pode realmente dar-se ao luxo de arrastar este questão por muito mais tempo , pois cada unidade nas mãos de um utilizador é um risco para o próprio e para a debilitada imagem da marca.

Esperamos ver o gigante Sul Coreano na ribalta pelas melhores razões em 2017.

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais