Samsung usa truque de psicologia para vender Galaxy Z Flip 3

Não é segredo que o crescimento tem estagnado no topo de gama do mercado.

Nenhum outro fabricante de smartphones está a abanar o segmento premium como a Samsung. Não é segredo que o crescimento tem estagnado no segmento topo de gama do mercado. Há um limite do que se pode fazer num telefone ao estilo candybar todos os anos. Essa é uma das razões pelas quais temos visto a Samsung concentrar-se tanto nos seus aparelhos de gama média e de nível de entrada.

A empresa também quer contar cada vez mais com smartphones dobráveis para dominar o segmento premium. Tenta, por si só, alavancar os dispositivos dobráveis. Ao passar para este espaço antes de alguns dos seus maiores rivais, a Samsung capitalizou a vantagem de ser a primeira.

O mercado de dispositivos dobráveis deverá crescer 3x este ano em comparação com 2020. É provável que o total das remessas seja de cerca de 9 milhões de unidades. É provável que a Samsung represente 88% do mercado total este ano. Mesmo quando o mercado de dispositivos dobráveis atingir uma expansão prevista de dez vezes até 2023, espera-se que a Samsung continue a dominar com uma quota de 75%.

Com preços de $2.000 e $1.380, a primeira geração de Galaxy Z Fold e Galaxy Z Flip da Samsung eram demasiado caros. É difícil para muitos clientes racionalizar a compra. Afinal, estas foram a primeira iteração de uma nova série que ainda não tinha sido provada no mundo real. Havia também preocupações quanto à durabilidade e longevidade.

A Samsung tem vindo gradualmente a aumentar a confiança do mercado nos seus smartphones dobráveis. O Galaxy Z Fold está agora na sua terceira iteração. O Galaxy Z Fold 3 é significativamente melhor do que os seus predecessores. É mais capaz, durável e mesmo resistente à água. É também mais barato do que antes.

Apesar de um corte de preços de 200 dólares, o Galaxy Z Fold 3 continuará a ser um dispositivo de nicho a 1.800 dólares. Mas muito mais pessoas poderão arriscar desta vez, ainda que o preço continue a ser um obstáculo para trazer este dispositivo para o mercado.

Este obstáculo foi removido de forma brilhante pela Samsung com o Galaxy Z Flip 3. Ao fixá-lo em 999 dólares, a empresa quebrou a barreira psicológica que teria impedido o cliente médio de ver o Galaxy Z Flip 3 como tudo menos um dispositivo normal.

Samsung usa truque de psicologia para vender Galaxy Z Flip 3 1

As pessoas que querem um telefone de alta qualidade estão habituadas aos $999. A Samsung já vendeu muitos telefones por este preço. O Galaxy S21+ é também vendido por $999.

Relacionado:  Especificações e renders do Samsung Galaxy Tab A8 2021 divulgadas online

Podemos agora ter um smartphone dobrável por menos do que o custo de um Galaxy S 21 Ultra, o telefone "normal" topo de gama da Samsung este ano.

O cliente médio provavelmente não lê blogs ou segue rumores sobre dispositivos futuros. É mais provável que descubram novos dispositivos numa loja de retalho. Portanto, imagine alguém a ver o Galaxy Z Flip 3 pela primeira vez. Eles vão adorar o seu aspecto e sensação. Serão atraídos pela natureza única do dispositivo.

Samsung usa truque de psicologia para vender Galaxy Z Flip 3 2

O cliente não tem um choque quando olha para o preço. Já estariam à espera que custasse pelo menos $999. Já não têm de justificar a compra na sua cabeca, uma vez que o preço não é fora do normal. Se estiverem habituados a comprar smartphones que custem tanto, o Galaxy Z Flip 3 está ao preço de qualquer outro aparelho.

É com isto que a Samsung conta para vender uma montanha de Galaxy Z Flip 3 este ano. Conseguiu encontrar um equilíbrio para os dois tipos diferentes de clientes. Há quem goste de se manter a par dos rumores e devorar folhas de especificações ao pequeno-almoço, estes vão gostar do chipset Snapdragon 888 com 8GB de RAM, maior ecrã, visor dobrável mais durável e a classificação de resistência à água.

Samsung usa truque de psicologia para vender Galaxy Z Flip 3 3

Depois há também clientes que entram numa loja e compram um telefone que faz sentido para eles por um preço que não lhes parece fora do normal. A barreira psicológica de 1000 dólares que a Samsung quebrou para o Galaxy Z Flip 3 também vai atrair os fãs assim como os clientes conhecedores para comprarem efectivamente o aparelho. É o melhor de dois mundos, na verdade.

O preço tem permanecido um dos maiores obstáculos na popularização de smartphones dobráveis. A Samsung deu um passo na direcção certa para um dos seus modelos este ano.

O preço provavelmente não descerá muito abaixo de 999 dólares nos próximos anos para futuros modelos de Galaxy Z Flip, mas muitas pessoas considerá-lo-ão perfeitamente aceitável a este nível. Portanto, a única questão que resta é: vão comprar um?

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!