Samsung e Lenovo anunciam retirada física do Mobile World Congress 2021

‎Em nota divulgada ao público, a Samsung afirmou que a saúde e a segurança de seus funcionários, parceiros e clientes é a prioridade máxima da empresa.‎

‎A gigante de tecnologia sul-coreana Samsung anunciou oficialmente a sua retirada do Mobile World Congress (MWC 2021) de 2021, programado para acontecer em junho em Barcelona, Espanha. Citando preocupações de segurança para com os seus funcionários, a empresa afirma que, em vez disso, se irá concentrar numa presença virtual durante a duração do evento, programada de 28 de junho a 1 de julho de 2021.‎

‎Em nota divulgada ao público, a Samsung afirmou que a saúde e a segurança de seus funcionários, parceiros e clientes é a prioridade máxima da empresa.‎

portada-MWC-2019.jpg

‎O Mobile World Congress está a fazer o seu retorno depois de não ter acontecido em 2020, devido à pandemia. Algumas projeções dizem que até 50.000 pessoas deverão passar no evento este ano. No entanto, isto poderá ser uma avaliação excessivamente otimista das entradas projetadas. O MWC deste ano foi atingido pela retirada da maioria dos líderes do setor, à medida que as empresas continuam a impor protocolos que garantiriam a segurança dos seus funcionários.‎

‎Restrições rigorosas ainda estão em vigor em Espanha, que foi fortemente atingida pela pandemia COVID-19. No entanto, a associação organizadora (GSMA) obteve algumas renúncias das autoridades espanholas para algumas isenções para os participantes do MWC 2021. Os organizadores do programa também exigem que os participantes revelem um resultado negativo antes da entrada em Espanha. Além disso, novos testes irão ser realizados uma vez a cada três dias.‎

Relacionado:  Sharp Aquos R6 Oficial com especificações premium, e Leica

resumen-mwc-2018-14.jpg

Desta forma a Samsung irá concentrar-se em mostrar os seus produtos, virtualmente durante a MWC 2021. A empresa espera aproveitar a plataforma MWC para introduzir a sua gama de produtos de ponta e inovadores ao público, a nível global por via virtual.‎

‎A Lenovo também terá divulgado que não irá marcar presença pessoalmente na feira de eletrónica. O The Verge cita um porta-voz da Lenovo que insinuou que a empresa irá participar num evento virtual, em vez de pessoalmente. A empresa também confirmou ter informado a associação organizadora (GSMA), que organiza o evento, sobre os seus planos.‎

‎A Samsung e a Lenovo já se juntaram ao Google, Ericsson, Sony e Nokia, que haviam descartado uma presença física na conferência de Barcelona.‎

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!